ate-onde-deu-pra-ir-de-bicicleta-caminhao

A bicicleta é o presente que transforma

Por Richard Antunes*

Foto: Richard Antunes

Hoje pela manhã me deparei com uma imagem fantástica. Na estrada dirigindo olhando e pensando na vida , assim como todos fazem pela manha indo para o trabalho, estava eu em uma das centenas de rodovias mineiras, e justamente quando contemplei à minha frente um caminhão baú modelo “não-sei-dizer”, pois não sou caminhoneiro assim como meu pai, que corta o Brasil de norte a sul. Na traseira do caminhão estava ela, linda, rosa, com uma cestinha na frente destoando de toda aquela poluição que me cercava pelos quatro cantos. Sim, era um caminhão baú com uma bicicleta Rosa, modelo feminino, e ao volante um caminhoneiro estilo aquele que todos vocês sabem. Como vocês podem degustar na foto acima (confesso que tive um pouco de dificuldade de fazer a foto, mas saiu), e ai está ela.

Mas fiquei refletindo: o que faz um caminhoneiro, com um caminhão baú cortando o Brasil, passando pelas estradas de Minas com uma bicicleta feminina presa a traseira do caminhão? Será que não cabia no baú? Será que não cabia na boleia? Será que ele estava levando de presente para a filha? Para a esposa? Para a amante? Bom, estas são perguntas que nunca vou saber, a não ser que ele apareça para me responder. Mas o mais importante foram os pensamentos que tive pois, embutido naquela magrela singela, bonita e delicada, era o porque de uma bicicleta ser carregada na traseira de um caminhão.

A bicicleta faz parte da minha vida já tem alguns anos, mas nos últimos, nossa relação se tornou mais intima, e vendo aquela cena percebi que quando presenteamos alguém, temos a intenção de agradar a pessoa amada, pensamos em comprar presentes complexos e de alta tecnologia, mas reflitam sobre isso: quando damos uma bicicleta de presente a alguém, estamos dando saúde, paz, descontração e atividade física. Estamos dando uma nova forma de viver para as pessoas que estamos presenteando, e existem vários modelos como  opção, e tenho certeza de que alguma  vai agradar a sua alma gêmea. Que seja como presente para qualquer forma de comemoração. Quando damos uma bicicleta, estamos modificando a forma que a pessoa tem de viver, estamos mudando sua rotina, estamos fazendo com que conheçam novas pessoas que passam por você, mas que anteriormente você nem deu atenção.

E ai, você vai continuar dando “presentes”, ou vai mudar a forma que a pessoa que você ama tem de viver?

————————

* Richard Antunes é mineiro de Belo Horizonte, triatleta amador e mountain biker.




There are no comments

Add yours