ate-onde-deu-pra-ir-de-bicicleta-cicloturismo-puglia-italia-02

Cicloturismo na Puglia – Itália. Dia 5: de Lecce a Otranto

Esse post faz parte da série Cicloturismo na Puglia – Itália. Foram 8 dias de pedaladas pela região da Puglia, a convite da Italy Bike Tour. Para conhecer o roteiro completo da viagem clique aqui.

Dia 5 – de Lecce a Otranto

O quinto dia (de um total de 8) de nossa viagem foi um marco. Primeiro por conhecermos Lecce, a cidade de Giulio e Felippo, que nos acompanhavam no pedal. Experimentar a hospitalidade dos amigos em uma cidade maravilhosa foi realmente especial. Outro fator importante: desse dia até o final de nossa viagem, pedalamos pelo litoral, com paisagens deslumbrantes e muitos banhos de mar. Acreditem, para um mineiro apaixonado pelo mar (pleonasmo) isso é muito importante!

Logo pela manhã saímos para um pedal por Lecce. A cidade, de arquitetura barroca, é cheia de vida! Muitas bicicletas, pessoas de todas as idades pedalando muito, turistas, imigrantes… Uma cidade realmente especial. Ficamos um bom tempo no centro histórico, tirando fotos e conversando.

Lecce barroca...

Lecce barroca… Foto: ANdré Schetino

As ruínas antigas de Lecce. Foto: André Schetino.

As ruínas antigas de Lecce. Foto: André Schetino.

No centro histórico de Lecce. Foto: André Schetino.

No centro histórico de Lecce. Foto: André Schetino.

A tia do Felippo nos presenteou com uma travessa enorme de tiramisu, doce preferido de nosso amigo Walter. Uma delícia! O tiramisu fez sucesso e nos acompanhou por uns 100km de viagem! Se tornou uma de minhas sobremesas favoritas também.

Saímos muito animados para mais um dia de pedaladas. Passamos pelo pequeno povoado de Acaia, parando para fotos e um lanche na praça. A cidade era pequenina e muito agradável, com um pequeno castelo e muitas flores.

Em Acaia

Em Acaia. Foto: André Schetino.

Depois disso. o caminho pelo litoral foi se mostrando muito bonito! Saindo de Acaia passamos pela Reserva Natural Le Cesine, administrada pela WWF. Pedalamos por uma estrada que foi uma antiga rodovia. Depois de um tempo desativada, a floresta começava a tomar conta. Encontramos alguns ciclistas pedalando por lá, um trecho muito bonito!

Pouco depois da estrada, o mar! Estávamos em San Foca, pedalando ao lado do mar Adriático. O caminho tinha vários pontos com mirantes, e víamos que era uma região de muitas pedras e cavernas.

Em San Foca, um visual de tirar o fôlego!

Em San Foca, um visual de tirar o fôlego! Foto: André Schetino

João pedalando firme!

João pedalando firme! Foto: André Schetino.

Paramos em um local chamado Poesia. O nome não poderia ser mais apropriado, e até hoje não consigo explicar como me senti ao ver aquele lugar pela primeira vez. O mar passava por entre as pedras e entrava em um “buraco”, formando um poço de água cristalina. As pessoas podiam entrar descendo pela lateral, ou pulando (como nós fizemos). Assim que editar o vídeo coloco aqui no post. É um lugar para se passar o dia todo. Nadamos um bocado, e fui embora com vontade de ficar mais. Mas como os amigos Giulio e Felippo disseram, ainda havia mais belezas pela frente.

... um lugar inspirador!

… um lugar inspirador!

Poesia, nosso primeiro mergulho do dia...

Poesia, nosso primeiro mergulho do dia… Foto: André Schetino.

E eles estavam certos. Nosso pedal seguiu passando por Rocca Veccia, Torre Delorso, até San Andrea, onde paramos para curtir mais praia e também para almoçar – dessa vez acompanhados de nosso delicioso tiramisu!

Área de pesca próximo a San Andrea

Área de pesca próximo a San Andrea. Foto: André Schetino.

San Andrea

San Andrea. Foto: André Schetino.

Depois da siesta, o pedal seguiu com bom ritmo até Otranto. Pela primeira vez na viagem chegávamos ao nosso destino antes do por do sol, depois de 60kms pedalados! Nos hospedamos no Hotel Basiliani, e aproveitamos esse tempo para curtir um passeio à noite pela cidade.

Resumo do dia e dados técnicos: Lecce – Otranto

Kms pedalados: +- 60
Cidades: Lecce, Acaia, San Foca, San Andrea, Otranto
Alguns pontos de interesse: a cidade de Acaia, com seu castelo e praças. Poesia, no litoral de San Foca, é um show a parte. Ótimo para um banho e para passar o dia. Todo o litoral desse trecho é bem bonito. Vale também um banho em San Andrea. Em Otranto, uma boa pedida são os passeios de barco, e também a noite da cidade!

*               *               *

[Nota do blog:] se você vai pedalar pelas cidades deste roteiro, pode consultar hostels e hotéis nos links abaixo:

Esse post faz parte da série Cicloturismo na Puglia – Itália. Foram 8 dias de pedaladas pela região da Puglia, a convite da Italy Bike Tour.

Para conhecer o planejamento e o roteiro completo da viagem clique aqui.

Veja também os relatos dos outros dias. É só clicar nos links abaixo:

1º Dia – Chegada em Bari e a reunião do grupo – as primeiras pedaladas

2º Dia – de Alberobello a Ostuni

3º Dia – de Ostuni a Brindisi

4º Dia – de Brindisi a Lecce

6º Dia – de Otranto a Santa Maria de Leuca

7º Dia – de Santa Maria de Leuca a Galipoli

8º Dia – Pedal por Galipoli e retorno a Lecce

 

Quer ver outros relatos de viagem?Clique aqui e veja nossa lista completa!
Clique aqui e veja todos os posts do blog sobre cicloturismo.



There are 3 comments

Add yours
  1. Lucia Furtado

    foi bom mergulhar na poesia? estava quentinha? lindo demais, estou gostando demais de viajar com vc.
    beijos


Post a new comment