DCIM102GOPRO

Granfondo Squali – uma belíssima prova de ciclismo na Itália

Em maio deste ano tive mais uma experiência de pedalar na Itália. Foram 7 dias de muitas pedaladas, todas registradas aqui no blog. Nesse post eu conto como foi participar do Granfondo Squali, uma prova de ciclismo com mais de 1800 ciclistas, com uma estrutura e organização de tirar o chapéu.

No final do post você confere a programação do Granfondo Squali para 2017 (inscrições já estão abertas). E se você pensa em pedalar um Granfondo na Itália, não deixe de conferir as minhas dicas no final do post.

O Granfondo Squali

granfondo squali

O Granfondo Squali é uma prova de ciclismo belíssima, que tem a largada na Comuna de Cattolica e chegada em Gabicce Mare, na região da Emilia Romana. A prova teve início em 2015, e já no seu segundo ano contou com cerca de 1800 ciclistas.

Como a maioria das provas de Granfondo na Italia, são disponibilizados dois percursos (um longo e um curto) para atrair ciclistas com diferentes níveis de treinamento e objetivos para a prova.

O Granfondo Squali tem algumas qualidades, que fazem dela uma prova bem atraente para quem quer experimentar um Granfondo na Itália:

  1. Estrutura e organização: a prova conta com sistema de controle de tempo através de chip instalado na bike. Além disso, possui grande número de voluntários (em 2016 foram 200), pontos de alimentação e hidratação, ambulância e percurso sinalizado.
  2. É realizada próximo a cidade de Riccione, região onde o turismo esportivo (especialmente o ciclismo) é muito incentivado e desenvolvido. A região possui hotéis especializados em receber ciclistas, como o Hotel Gambrinus, onde fiquei hospedado.
  3. A região é belíssima, e mistura a emoção de realizar uma prova de média/longa distância em paisagens de tirar o fôlego 🙂

Minha experiência no Granfondo Squali

Eu fui participar do Grafondo Squali a convite da Italy Bike Tour, empresa parceira aqui do Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta. Escolhi participar do percurso curto, não só pelo meu nível de condicionamento, mas também pra poder fazer a prova em um ritmo um pouco mais tranquilo e trazer essas belas imagens pra vocês!

Confira o vídeo e algumas fotos abaixo

 

A prova foi dividida em dois percursos: o percurso curto, com 84km e 1.150m de altimetria, e o percurso longo, com 136km e 2.250m de altimetria. Para os dois percursos, o tempo máximo para terminar a prova era de 6h30min, o que deixava o percurso longo mais difícil.

Granfondo Squali 2016 - o Percurso Curto

Granfondo Squali 2016 – o Percurso Curto

Granfondo Squali 2016 - o Percurso Longo

Granfondo Squali 2016 – o Percurso Longo

Eu gostei muito da sensação de poder pedalar com muita gente, o que só uma prova grande pode proporcionar. Pedalar acompanhando um pelotão, estar também por alguns minutos sozinho ou em pequenos grupos. Foi uma experiência maravilhosa, que espero repetir em breve!

Granfondo Squali

Granfondo Squali

Uma das belas paisagens do Granfondo Squali

Granfondo Squali

Na chegada, com a medalha!

Granfondo Squali

A prova passa pelo belo Parque Natural de Monte San Bartolo

Participe do Granfondo Squali

Ficou com vontade de pedalar esta prova? As inscrições para 2017 já estão abertas! A prova acontecerá em maio, e está inclusa dentro de um pacote de 7 dias com muito pedal pela região da Emilia Romana! O roteiro é organizado pela Italy Bike Tour, parceira do blog (e dos nossos leitores) nas nossas viagens para a Itália

Isso quer dizer que se você tiver interesse em participar do Granfondo Squali 2017, basta preencher o formulário abaixo. Vamos te enviar um email com todas as informações: preço atualizado, descrição do pacote, Hotel, e um desconto para leitores do Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta!




There are no comments

Add yours