montagem-35

Minha história com a bike: motivando os amigos para o ciclismo

Por Antônio “Totonho” Marcos

Meu nome é Antônio Marcos (Totonho), tenho 44 anos de idade e há 36 um ciclista por paixão, no início com meus pais e hoje com os amigos, mas sempre pedalando, mesmo que sozinho.

A história que conto aqui é sobre um passado recente de 4 anos. Eu estava sem pedalar há algum tempo e retomei a disciplina de pedalar por vários dias na semana em uma estrada que liga a cidade de Santos Dumont ao Museu de Cabangú, onde há toda a história do Pai da Aviação.

Motivando os amigos para o ciclismo

A história se dá pelo fato de ter pedalado sozinho por pelo menos 2 anos. Mas nos últimos 2 consegui motivar vários amigos, um a um, a pedalar e aos poucos esta turma só aumenta e se multiplica. Hoje eu recebo o reconhecimento de vários que estavam sem qualquer atividade física terem tomado a decisão de pedalar por me observarem fazendo isto sozinho e não desistir. Fico honrado com o reconhecimento e ver a quantidade de novos amigos que fiz e que estão multiplicando a prática do ciclismo, e ser apontado como alguém que os inspirou é muito gratificante.

motivando os amigos para o ciclismo

Motivando os amigos para o ciclismo. Montagem: Antônio “Totonho” Marcos

O que fiz é fruto da inspiração e motivação que inicialmente tive de meus pais e depois de alguns ciclistas da velha guarda que tenho como exemplos ao longo dos anos em que pedalo. Alguns mais velhos e outros mais novos, os quais não posso deixar de reconhecer da mesma forma, na pessoa de um grupo de ciclistas que tenho como exemplo de dedicação, disciplina e paixão que o tempo não desgasta: são os inoxidáveis Chico Biker, Evanir da Archit, Willian Antonio, Paulo Campos e Leonardo Leão, os quais tenho respeito e admiração e fonte de motivação pra não parar de pedalar nunca!


ATÉ ONDE VOCÊ FOI É O MAIOR BANCO DE HISTÓRIAS E EXPERIÊNCIAS SOBRE A BICICLETA E O CICLISMO DA INTERNET BRASILEIRA. PARA CONHECER O PROJETO, ENVIAR A SUA HISTÓRIA E CONCORRER A PRÊMIOS BASTA CLICAR AQUI




There is 1 comment

Add yours
  1. Bernardo

    Boa, Totonho. Tem sido muito legal ver o ciclismo crescendo tanto como vem acontecendo aqui em Santos Dumont.

    Vejo que cada um que começa, tem incentivado outros tantos a também começarem. Isto tem sido vital para o crescimento…e que continue assim.

    OBS: dos antigos ali, só o Evanir é da mesma época que eu, o rrestante são até novatos se comprados a mim. No início do ciclismo de Santos Dumont, eramos Eu, meu irmão Bruno, Evanir, Cleyton, Sanderson, Fabrício Vital, Fernando. Somos, assim, os Dinossauros da BIke de Santos Dumont.kkkkk

    Parabéns pelo texto!


Post a new comment