Brasil Ride 2019 3ª etapa: Avancini e Fumic vencem em Guaratinga

0
41
Brasil Ride 2019 3ª etapa
Disputa forte dos líderes na subida. Foto: (Fabio Piva / Brasil Ride)

Brasil Ride 2019 3ª etapa: no feminino, vitória de Letícia Cândido e Hercília Najara.

A terceira etapa da Brasil Ride, em Guaratinga, marca uma mudança drástica na paisagem baiana. Um solo com mais pedregulhos e cada vez menos praia marcam a prova, assim como uma quantidade enorme de single tracks, alguns até permeando plantações de cacau, deixando o cenário além de diferente, muito bonito.

Comparado com a segunda etapa, o 3º dia de provas é mais fácil, já que são 35 km, mas não é tão mamão com açúcar assim, já que os competidores tem que dar 2 voltas, e por isso, o percurso acaba ficando com uma distância entre 67 e 70 quilómetros, pelo menos na teoria… isso porque na prática, uma forte chuva na noite anterior a etapa estendeu um pouco o percurso.

No final das contas foram 75km em uma altimetria de 1.432m na 3º etapa, que marcou o retorno da dupla vitoriosa no prólogo, Henrique Avancini e Manuel Fumic, da Cannondale Factory Racing XC. No feminino, Letícia Cândido e Hercília Najara, da Audax Corinthians / Tripp Aventura também alcançaram a 2º vitória na Brasil Ride.

No masculino, decisão no sprint final

Chegada no sprint para Fumic e Avancini. Foto (Fabio Piva / Brasil Ride)

Henrique Avancini e Manuel Fumic realmente gostam de demonstrar o talento e, conseguiram abrir grande vantagem para os outros competidores ao longo da terceira etapa da Brasil Ride, mas talvez por um descuido, deixaram a distância encurtar na parte final da prova.

A briga pela camisa amarela realmente esquenta a cada momento e, com a queda de desempenho de Avancini e Fumic na reta final da terceira etapa, os atuais líderes da Brasil Ride, Tiago Ferreira e Hans Becking quase alcançaram, mas tiveram que se contentar com a segunda colocação por conta de 1 segundo.

Os resultados recentes só mostram como a Brasil Ride está equilibrada esse ano e tem essas duas duplas se destacando na elite masculina sempre conseguindo imprimir um ritmo bom atrelado a técnica, força e resistência! Quem será que vai levar a melhor no final das contas? A tendência é que essa disputa só esquente, escolha para quem torcer.

Tiago Ferreira deu uma declaração que pode preocupar um pouco Henrique Avancini e Manuel Fumic:

 “Desde o inicio o Avancini e o Fumic forçaram bastante o ritmo, mas o Hans e o eu tínhamos uma estratégia bem definida de segui-los e não forçar”

Já pensou? Se sem forçar Tiago Ferreira e Hans Becking ficaram 1 segundo atrás de Avancini e Fumic, imagina forçando o corpo ao máximo…

No feminino, vitória de Letícia Cândido e Hercília Najara

Festa no pódio feminino. Foto (Fabio Piva / Brasil Ride)

A tabela da Brasil Ride no geral conta com uma dupla nova na liderança! Antes, Jaqueline Mourão e Danilas Ferreira estavam com a camisa laranja, mas depois da terceira etapa, a dupla da Cannondale Brasil Racing / Soul Cycles, que é composta por Viviane Favery e Tania Pickler assumiu a ponta da prova.

Letícia Cândido e Hercília Najara venceram pela segunda vez nesta edição da Brasil Ride e, na terceira etapa conseguiram colocar 2 minutos de diferença na frente de Viviane e Tania.

Classificação da 3ª Etapa da Brasil Ride 2019

Masculino

1- Henrique Avancini (BRA) / Manuel Fumic (ALE) – 2h48min40
2- Tiago Ferreira (POR) / Hans Becking (HOL) – 2h48min41
3- Lukas Kaufmann (BRA) / Konny Looser (SUI) – 2h52min24
4- Jaroslav Kulhavy (CZE) / Matous Ulman (CZE) – 2h52min25
5- Sherman Trezza (BRA) / Guilherme Muller (BRA) – 2h52min26

Feminino

1- Letícia Cândido (BRA) / Hercília Najara (BRA) – 3h47min23
2- Viviane Favery (BRA) / Tania Clair Pickler (BRA) – 3h49min00
3- Karen Olímpio (BRA) / Ilda Pereira (BRA) – 3h49min49
4- Jaqueline Moura (BRA) / Danilas Ferreira da Silva (BRA) – 3h50min56

Classificação Geral da Brasil Ride após a 3ª etapa

Masculino

1- Tiago Ferreira (POR) e Hans Becking (HOL) – 8h44min22 
2- Henrique Avancini (BRA) e Manuel Fumic (ALE) – 8h48min55
3- Kristian Hynek (CZE) e Martin Stosek (CZE) – 8h57min32
4- Jaroslav Kulhavy (CZE) e Matous Ulman (CZE) – 9h01min01
5- Lukas Kaufmann (BRA) e Konny Looser (SUI) – 9h03min00

Feminino

1- Viviane Favery (BRA) e Tania Clair Piclker (BRA) – 11h44min01
2- Jaqueline Mourão (BRA) e Danilas Ferreira (BRA) – 11h45min06
3- Letícia Cândido (BRA) / Hercília Najara (BRA) – 11h54min54
4- Karen Olímpio (BRA) / Ilda Pereira (BRA) – 11h56min38

Próximo desafio: A Etapa Rainha

Essa sem dúvida é a etapa mais dura de todo o Brasil Ride. Só de ler já cansa, afinal, 100km são pedalados com a maior altimetria do Brasil Ride: nada mais nada menos que 2.600m!

São 3 serras bastante íngremes e, como se não bastasse isso, são longas, durando cerca de 2km cada. Obviamente é a prova que mais chama a atenção dos competidores pelo alto nível necessário e o desafio enorme que ela é por si só!

Prepare-se, a largada está prevista para amanhã 7h45 e a chegada deve acontecer por volta de 12h30. Você acompanha tudo no Youtube da Brasil Ride e os resultados e resumo da etapa aqui no Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here