Um giro pelo 3º Fórum Mundial da Bicicleta

0
674
.

Olá amigos

Acabo de voltar de Curitiba, onde participei do 3º Fórum Mundial da Bicicleta. Com uma programação extensa e maravilhosa, seria impossível participar de tudo. Então, nesse post, vou aproveitar a metáfora da bicicleta e fazer um giro sobre o 3º Fórum Mundial da Bicicleta, falando um pouco das atividades que participei e dando uma geral sobre minhas impressões do evento.

.

O Fórum

O clima do evento foi ótimo, momento maravilhoso de rever alguns amigos antigos, além de conhecer gente nova. As atividades estavam muito boas, difícil as vezes escolher o que assistir. A Feira da Bici foi um dos pontos de encontro e “resenha” da galera, com muitos stands legais,shows e gente circulando.

Feira da bici. Foto: André Schetino
Feira da bici. Foto: André Schetino
Bicicletário cheio e coisa bonita de se ver. Foto: André Schetino
Bicicletário cheio e coisa bonita de se ver. Foto: André Schetino
Muita música na abertura do evento. Foto: André Schetino
Muita música na abertura do evento. Foto: André Schetino

.

Palestras, painéis, mesas redondas e bate-papo

As palestras, painéis e mesas redondas estavam excelentes. Na sexta-feira pela manhã foi meu momento de palestrante, no bate-papo “Marketing e Mobilidade + As bicicletas e as Mídias Digitais”, junto com a Yasmim Reck, de Curitiba. Depois fui assistir ao painel “Bicicletas e mais além: amadurecimento do movimento no Brasil e nos EUA”, com Thiago Benicchio, Elly Blue e Mona Caron. Na minha opinião foi a melhor atividade da qual participei. Saí de lá emocionado com o trabalho de Mona Caron. Em um tempo onde algumas notícias e atitudes humanas assustam, saí de lá com a esperança renovada através da fala e da ação de pessoas tão singulares. Difícil descrever.

Thiago Benicchio, Elly Blue e Mona Caron. Foto: André Schetino
Thiago Benicchio, Elly Blue e Mona Caron. Foto: André Schetino

.

Depois assisti à palestra “100 dicas para começar a viajar de bicicleta”, feita pela Eliana Garcia e Rodrigo Telles, amigos do Clube de Cicloturismo do Brasil. Eliana e Rodrigo tem muitos anos e quilômetros de experiência em viagens de bicicleta, e sempre que posso quero ouvi-los. São dicas preciosas seja pra quem quer começar a viajar de bike, ou mesmo pra quem já tem experiência com cicloturismo.

Eliana Garcia e Rodrigo Telles. Foto: André Schetino
Eliana Garcia e Rodrigo Telles. Foto: André Schetino

.

Sexta-feira foi também dia de dose dupla de Renata Falzoni. Primeiro, em uma apresentação sobre o Bike é Legal, portal sobre bicicletas e ciclismo do qual a Renata e uma super equipe fazem parte (clique aqui pra conhecer). Depois, no painel “O vibrante desafio das bicicletas: um convite irresistível”, junto com o Odir Zuge Junior e Chris Carlsson. Foi um belíssimo painel, momento de compreender e homenagear as pessoas que fizeram e fazem parte de movimentos importantes para a bicicleta: Chris Carlsson com a Critical Mass em São Francisco, Odir com a bicicletada em São Paulo e Renata por sua contribuição em diversos setores do cicloativismo e da inserção da bicicleta nos meios de comunicação. Nosso presente não seria possível sem a inspiração e atuação dessas pessoas. Demais!

Chris Carlsson, Odir Zuge Jr. e Renata Falzoni. Foto: André Schetino
Chris Carlsson, Odir Zuge Jr. e Renata Falzoni. Foto: André Schetino

.

No sábado acompanhei um painel sobre a atuação e a sucessão na União de Ciclistas do Brasil (UCB). Momento de organização política, com todas as tensões que são próprias e necessárias ao debate. Na minha opinião, o crescimento do Fórum Mundial da Bicicleta e das associações de ciclismo no Brasil vão exigir uma outra postura e participação da UCB no processo de representação dessas associações e dos ciclistas do Brasil. Agora resta acompanhar e participar das discussões.

.

Lançamento de livros

Sábado à noite o Fórum preparou uma atividade muito legal. Um bate-papo com autores de livros sobre bicicleta/ciclismo, acompanhado de um coquetel no Museu Oscar Niemeyer. Foi um ótimo momento para trocas de experiências e boas conversas entre os participantes do FMB. Obrigado a todos que estiveram lá na minha mesinha! O momento foi tão intenso que nem vi o tempo passar.

.

Pedaladas

Outro ponto alto do evento foram obviamente as pedaladas. A bicicletada, na sexta-feira, reuniu grande número de ciclistas mesmo debaixo de chuva. No sábado, após o lançamento dos livros foi a vez do PedaLua, que saiu do Museu Oscar Niemeyer e ganhou as ruas da cidade.

Bicicletada durante o FMB. Foto: site do Forum Mundial da Bicicleta
Bicicletada durante o FMB. Foto: site do Forum Mundial da Bicicleta
Concentração para o Pedal da Lua. Foto: André Schetino
Concentração para o PedaLua. Foto: André Schetino

.

Próxima parada: Medelin

O próximo Fórum Mundial da Bicicleta acontecerá no ano que vem, em Medelin. A cidade venceu a disputa contra Manaus (que sediará a 5ª edição em 2016). Achei boa a escolha, pois nada melhor do que internacionalizar um Fórum Mundial, e que vem realmente assumindo essa proporção pela diversidade dos convidados, temas e discussões.

DEIXE UMA RESPOSTA