Reencontro com a bicicleta

3
13
Reencontro com a bicicleta.
Reencontro com a bicicleta. Foto: acervo pessoal Carlos Roberto Pinto

Por Carlos Roberto Pinto

Minha história começa mais ou menos igual a todo mundo: quando criança andava muito de bicicleta com amigos. Passeios, nadar em rios, viagens, tudo na magrela. Mas a vida passa e começam as responsabilidades. Comecei a trabalhar já na adolescência e mesmo assim ia trabalhar na bike, fazendo entregas e cobranças. Tudo com ela, fora o percurso de ida e volta do trabalho .

Com a juventude veio a primeira moto. A segunda, a terceira, o casamento, as filhas, o primeiro carro, o sedentarismo. E de 73 quilos para 119.900 quilos, Começaram as dificuldades: duas cirurgias de coluna e apneia do sono, dormindo ligado à um aparelho chamado cepap. Com 95.500 quilos começa a luta.

Fui desafiado pelo Otorrino que me receitou o cepap para fazer algum exercício pra emagrecer dezessete quilos. Ele me perguntou se eu já havia andado de bike, e eu disse que já faziam trinta anos que não andava na mesma.

Peguei uma Caloi Mountain Bike de minha filha que estava parada a alguns anos e comecei a aventura lá por perto de casa. Eu me alegrava quando andava 7, 8, 9 km, pois já não o fazia há 30 anos. Comprei uma segunda bike e já estou na terceira. Hoje pedalo três vezes por semana. Aos 55 anos e com 78 quilos, estou fazendo trilhas com 40, 50, 70 e até 90 km com altimetria de até 1.500 metros. Estou me sentido super bem e com muitos desafios ainda pela frente de fazer minha primeira viajem de 215 km.

Agradeço aos amigos que sempre me ajudaram e incentivaram e principalmente a minha esposa que sempre me ajudou .

Reencontro com a bicicleta.
Reencontro com a bicicleta. Foto: acervo pessoal Carlos Roberto Pinto


ATÉ ONDE VOCÊ FOI É O MAIOR BANCO DE HISTÓRIAS E EXPERIÊNCIAS SOBRE A BICICLETA E O CICLISMO DA INTERNET BRASILEIRA. PARA CONHECER O PROJETO, ENVIAR A SUA HISTÓRIA E CONCORRER A PRÊMIOS BASTA CLICAR AQUI


COMPARTILHAR
Artigo anterior[Review] Guidão Borboleta Ergotec
Próximo artigoCaminho da Fé com rota no Strava
Até Onde VOCÊ Foi? é um projeto do blog que divulga - e premia - histórias inspiradoras das pessoas e suas bicicletas. As primeiras pedaladas, sua última viagem de bike, os treinos e competições, a descoberta de uma nova forma de se locomover pela cidade... O texto é de autoria do leitor indicado no início do post, e as informações e opiniões contidas são de responsabilidade do mesmo. Que tal compartilhar sua história com milhares de leitores e concorrer a prêmios? Acesse ateondedeuprairdebicicleta.com.br/voce e participe!

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Carlos Roberto, meu “chará”. Bonita sua história, gostei muito. E me identifiquei com algumas partes também. Infância pedalando, parando aos poucos, bike das filhas, só não cheguei ao ponto do coração, espero não precisar. Depois de muita pedalada com bike no tamanho errado, agora finalmente, depois dos 58 anos de idade, consegui comprar uma bike mais “ideal” para meu tamanho, e tenho agora como objetivo voltar aos 78 kilos, rsrsrsrs.

DEIXE UMA RESPOSTA