Saiba mais sobre Mountain Bike Freeride

0
17

Mountain Bike Freeride é uma modalidade relativamente nova. Ela vem se desenvolvendo há cerca de 10 anos, mas já é uma das mais populares do ciclismo extremo. É um verdadeiro espetáculo, seja para praticantes ou para o público, pois é visualmente incrível: através da superação de barreiras naturais ou construídas exclusivamente para promover os saltos dos ciclistas, o estilo envolve manobras simplesmente alucinantes. Conheça agora essa modalidade!

Mountain Bike Freeride
Mountain Bike Freeride

Mountain Bike Freeride – A regra é não ter regra

Está no nome. Free significa livre. Originário do “freeriding” do snowboard, o conceito original do Freeride é que não há um conjunto de trilhas, objetivos ou regras a serem cumpridas. É uma modalidade livre e sem compromissos.

Mistura de sucesso

Por ter esse caráter libertário, o Freeride engloba elementos de outros estilos já consagrados. É unanimidade entre os ciclistas o uso da velocidade do Downhill (DH) e dos saltos do Dirt Jump (DJ), estilos tidos como “pais” do Freeride.

Um trilha de Freeride pode ser comparada a um skatepark. O objetivo é oferecer amplas oportunidades para o ciclista se jogar pelo ar, fazer as manobras, criar linhas novas e imaginativas sobre o terreno e, acima de tudo, superar os próprios limites.

O equipamento do Mountain Bike Freeride

O esporte pode ser praticado tanto nas trilhas quanto na cidade. Independentemente do lugar, é mais do que obrigatório o uso dos itens básicos de segurança: capacete, joelheira, caneleira, cotoveleira, luvas e coletes.

O modelo da bike varia conforme o terreno onde vai se praticar (terra ou asfalto). Na cidade, para a superação de obstáculos, como bancos, muretas e escadarias, geralmente são utilizadas bikes rígidas (sem amortecedor) e de quadro baixo cujas suspensões de curso variam entre 80mm e 100mm.

Já na terra, para superar as árvores, pedras e raízes pelo caminho, o equipamento é um pouco mais pesado, é preciso usar bikes tipo “full” que têm suspensões maiores — exatamente como as utilizadas no Downhill.

Independentemente do ambiente em que vai se praticar o Freeride, o fundamental é conhecer bem seus próprios limites e ter respeito aos obstáculos.

O Mountain Bike Freeride está Dominando o mundo

O esporte já é altamente popular em países como Estados Unidos, Austrália e Canadá. Praticantes apaixonados do mundo inteiro vêm unindo forças para expandir os horizontes e profissionalizar o estilo cada vez mais. Já existe, desde 2010, o campeonato mundial — o Mountain Bike Freeride (FMB) World Tour, que integra atletas e classes da modalidade do mundo inteiro.

No Brasil, a prática do Freeride está apenas “engatinhando” ainda, mas seu crescimento, como no resto do mundo, já é um fato. Prova disso é o número cada vez maior de praticantes, e o aumento de investimento por parte de lojistas que trazem produtos específicos, e de multinacionais, como a Siemens, que patrocinou o II Encontro de Freeriders DaBomb Freeride Freak.

Mountain Bike Freeride é, definitivamente, uma modalidade radical e apaixonante, que está se tornando estilo de vida para muitos praticantes do mundo todo que estão a superar seus limites, sempre com responsabilidade.

Já conhecia essa modalidade? Ficou com vontade de praticá-la? Conheça também outros estilos bem legais no nosso Especial Ciclismo: Modalidades aqui no blog e até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA