Até Onde VOCÊ Foi: coletânea de pequenas histórias nº 6

0
253
Foto: acervo pessoal Alex Aparecido da Silva

O projeto Até Onde VOCÊ Foi recebe histórias de todos os tipos e tamanhos, inclusive algumas bem pequenas, mas ainda assim, muito legais. Pensando nisso, resolvemos agrupar algumas pequenas histórias em textos coletivos, para que a leitura fique mais interessante. Confira abaixo 4 histórias.

1 – De Ituverava a Buritizal – Por Alex Aparecido da Silva

Minha caminhada foi curta apenas 24 km, mas foi maravilhoso de minha cidade Ituverava ate a cidade de Buritizal.

No caminho fui em uma queda d’água e na saída dei de cara com uma cobra jiboia. Filmei ela e dei continuidade  ao passeio. Fui até a ponte nova Rio do Carmo, passei também pelos 3 rios, tudo estrada de terra e pedra antes de chegar em Buritizal. E quem disse que Caloi 10 não faz trilha rsrsr. Minha Gezebel aguentou tranquilo (Gezebel é o nome carinhoso de minha speed 10 rsrsr).

Foto: acervo pessoal Alex Aparecido da Silva
Foto: acervo pessoal Alex Aparecido da Silva

Fui e voltei tranquilo, foi uma aventura muito gostosa de se fazer. É isso ai meu amigos um abração a todos.

2 – Pedalando nos Lençóis Maranhenses – Por Gildenor Lima

Nossa viagem se deu no ano de 2004. Saímos de São Luis do Maranhão rumo aos Lençóis Maranhenses, mais precisamente a cidade de Barreirinhas.

Na época a estrada de acesso à cidade tinha sido inaugurada pelo governo do estado, e estava um tapete só. Saímos às três horas da manhã, uma temperatura bem agradável para nossa região.

Toda a viagem foi bem tranquila, pois na época poucas pessoas conheciam o novo caminho e deu pra sentir bastante segurança ao transitá-la. Hoje não sei se teria coragem de fazê-la novamente. A chegada na cidade se deu a noite por volta das 21 horas do mesmo dia. Demorou devido à nossa velocidade que não era constante também pelo clima, que faz com que depois das 10 horas o rendimento caia bastante.

Foto: acervo pessoal Gildenor Lima
Foto: acervo pessoal Gildenor Lima

Mas valeu a pena e quando chegamos fomos direto para o rio e ficamos de molho até a meia noite. Valeu… um abração a todos.

3 – Descobrindo o ciclismo – Por Marcos Roberto

Eu estava muito afim de praticar um esporte mais nuca tive uma afinidade, alguma identidade com qual quer esporte. Aí eu tive contato com o ciclismo que foi se tornando um amor muito grande. Hoje não consigo viver sem pedalar. Já planejo até fazer viagem longas para outras cidades e até outros países. Estou vivendo melhor a cada pedalada e agradeço a Deus e todos que me ajudaram na escolha deste esporte apaixonante.

Foto: acervo pessoal Marcos Roberto
Foto: acervo pessoal Marcos Roberto

4 – De Jordão baixo a Itamaracá – Por Wellington Flank da Silva

Meu grande desafio pessoal foi ir do Jordão baixo até Itamaracá totalizando 112 km. Para quem nunca andou de bike foi um grande desafio. Peguei gosto pela coisa e agora quero ir até Maragogi – Alagoas.

Foto: acervo pessoal Wellington Flank da Silva
Foto: acervo pessoal Wellington Flank da Silva

ATÉ ONDE VOCÊ FOI É O MAIOR BANCO DE HISTÓRIAS E EXPERIÊNCIAS SOBRE A BICICLETA E O CICLISMO DA INTERNET BRASILEIRA. PARA CONHECER O PROJETO, ENVIAR A SUA HISTÓRIA E CONCORRER A PRÊMIOS BASTA CLICAR AQUI

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCicloturismo: de Olinda (PE) a Gravatá (PE)
Próximo artigoEu e minha bicicleta Helga, por Santa Catarina
Até Onde VOCÊ Foi? é um projeto do blog que divulga histórias inspiradoras das pessoas e suas bicicletas. As primeiras pedaladas, sua última viagem de bike e muito mais. O texto é de autoria do leitor indicado no início do post, e as informações e opiniões contidas são de responsabilidade do mesmo. Que tal compartilhar sua história com milhares de leitores? Basta enviá-la para contato@ateondedeuprairdebicicleta.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA