Conheça a modalidade Mountain Bike — Cross Country Maratona (XCM)

0
984

O Cross Country Maratona, conhecido como XCM, é a modalidade de Mountain Bike que tem percursos longos, que podem variar de 50 a 120km. As provas podem ser em circuito, com cerca de 60km de trecho, ou em linha — largando em um ponto e chegando a outro. Para participar de uma prova na modalidade maratona, o ciclista precisa de muita resistência física para os longos trajetos. Quanto mais pedaladas, melhor.

Outra característica do XCM são as trilhas mais suaves, se comparado a outras modalidades de MTB. Os caminhos longos e desconhecidos são a principal dificuldade enfrentada pelos praticantes da modalidade XCM. É necessário, além da resistência física, ter um ótimo preparo mental e conhecimento em mecânica, já que durante um percurso o ciclista pode se deparar com uma situação de emergência sozinho. Quer saber mais sobre esta modalidade? Confira nosso post de hoje!

MTB downhill

Curiosidades do Cross Country Maratona

Foi em 2003 que o XCM se tornou uma modalidade oficial reconhecida pela União Ciclística Internacional (UCI), no campeonato mundial realizado na Suíça, que teve como campeão o suíço Thomas Frischknecht. Antes disso, o que existia era a modalidade Cross Country (XC), que era basicamente pedalar pelas trilhas e montanhas.

Em 1996, surgiu o termo Cross Country Olímpico (XCO), que é o modo de competição em circuitos mais curtos, que valorizam mais a técnica, a intensidade das pedaladas e a explosão dos movimentos do ciclista.

No Brasil, bem antes das terminologias XCO e XCM, existiam algumas competições que ligavam pontos distintos — eram chamadas de Trip Trails. Hoje se fala que as Trip Trails foram as precursoras do XCM.

A bicicleta ideal para praticar XCM

As bikes para o Cross Country Maratona devem ser leves e resistentes. Procure uma que tenha peças fortes, para evitar que se quebrem pelo caminho. Ter uma suspensão traseira pode ajudar muito o ciclista durante a maratona, já que a suspensão vai diminuir os impactos sobre seu corpo e, se regulada corretamente de acordo com seu peso e o terreno pelo qual está passando, vai aumentar a tração nas subidas.

Como se preparar para competir

Pedalar uma maratona não é fácil, então é preciso se preparar bem. O recomendado é que o ciclista comece o treinamento pelo menos dois meses antes da prova, e que percorra uma distância maior do que a da prova durante os treinos. Sempre estar atento à intensidade também é importante: durante os treinos, comece devagar e vá aumentando a intensidade ao longo do tempo. Na maratona o mais importante não é a velocidade, mas sim conseguir completar o percurso.

Também é essencial carregar consigo um kit de ferramentas para eventuais contratempos. A possibilidade de acontecer algo e você não ter nenhuma ajuda é grande, e por isso é preciso estar preparado. Em um percurso no XCM, você pode precisar de até duas câmaras de ar de reserva, e um kit de remendos. Também é uma boa contar com uma bomba de ar pequena ou cilindro de CO2. Chave de corrente e de raio, e três raios de reserva também fazem parte da lista de utensílios, além de um kit de chaves Allen e um frasco com óleo de corrente.

E então, você já conhecia o Cross Country Maratona? Não se esqueça de ver os outros posts do nosso Especial Ciclismo: Modalidades e conhecer outras formas de ciclismo!

DEIXE UMA RESPOSTA