História com a bicicleta: O menino do limão galego

0
501

Por Carlos Roberto dos Santos

Quando criança eu era mais pobre do que sou hoje, e não tinha recursos financeiros para o sustento da família. Então meu velho pai, empreendedor desde a época em que essa palavra nem existia, teve uma ideia genial. Passou no Mercadão Municipal de São Paulo, comprou uma caixa de limão galego, um pacote de redinhas plásticas e uma caixa de maçãs vazia. Chegou em casa e me ensinou o que fazer com tudo aquilo: encher as redinhas com 12 limões cada uma, amarrar a caixa no bagageiro da velha bike aro 28 (sem marcha), carregar os pacotes e sair pedalando pela vizinhança vendendo o limão de boteco em boteco, até que a caixa estivesse vazia, e eu com um pouco de dinheiro para ajudar nas despesas de casa.

a-limoes

Isso se repetia varias vezes na semana, sempre nas horas vagas, pois nunca deixei de estudar para trabalhar e ajudar em casa. Tenho saudades daquela velha bike, dos tombos, e das vezes que ela quebrava e me deixava a pé com a caixa de limões.

Aprendi que para conseguir ganhar meu sustento tinha que trabalhar e estudar, e me preparar para futuro.

Envie você também a sua história

ATÉ ONDE VOCÊ FOI é o maior banco de histórias e experiências sobre a bicicleta e o ciclismo da internet brasileira. Para conhecer o projeto e enviar a sua história basta clicar aqui

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCicloturismo: não há limites para aventura e fé
Próximo artigoCicloturismo: uma lição de vida na Cordilheira dos Andes
Até Onde VOCÊ Foi? é um projeto do blog que divulga histórias inspiradoras das pessoas e suas bicicletas. As primeiras pedaladas, sua última viagem de bike e muito mais. O texto é de autoria do leitor indicado no início do post, e as informações e opiniões contidas são de responsabilidade do mesmo. Que tal compartilhar sua história com milhares de leitores? Basta enviá-la para contato@ateondedeuprairdebicicleta.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA