O que rolou na Brasil Cycle Fair 2015

4
22
Brasil Cycle Fair 2015

Olá amigos do Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta. Estive na Brasil Cycle Fair 2015, e aproveito pra contar pra vocês um pouco do que rolou por lá. Não deixe de conferir a galeria de fotos e o vídeo no final desse post 🙂

A Brasil Cycle Fair 2015

A Feira aconteceu do dia 27 ao dia 30 de Setembro. Eu estive por lá nos dois primeiros dias e foi a minha primeira vez na Feira. O pavilhão vermelho do Expo Center Norte estava lotado, com mais de 90 expositores do segmento das bikes. Todos eles representavam uma parte importante do mercado das bicicletas: das grandes marcas que investiram bastante em estandes espaçosos, passando por empresas de médio porte e também pequenos produtores, que investem em produtos diferenciados e acreditam numa forma de produção diferente para atender seus clientes.

Além das marcas, estavam presentes na Brasil Cycle Fair 2015 revistas do segmentos de bicicletas, artistas plásticos, escritores, bike foods, além de instituições representativas da bicicleta na sociedade civil, como a União de Ciclistas do Brasil (UCB) e suas instituições filiadas.

Novidades e tendências

Além de produtos consagrados e de sucesso já consolidado, a Brasil Cycle Fair 2015 trouxe também algumas novidades e tendências para o mercado das bicicletas e do ciclismo.

Confirmando o aumento do uso da bicicleta como meio de transporte, vi representadas as bicicletas de uso urbano, como as coloridas da marca chilena GAMA. Além disso, produtos e acessórios para quem quer pedalar com mais estilo e conforto nas cidades – como os belos produtos da Alforjaria.

Brasil Cycle Fair 2015
GAMA Bikes e suas bicicletas urbanas. Foto: André Schetino
Alforjaria na Brasil Cycle Fair 2015
A Alforjaria apresentou seus produtos inspirados no ciclismo urbano. Foto: Vevê Mambrini

Para as trilhas e terrenos extremos a novidade ficou por conta das Fat Bikes, que ainda possuem um visual exótico, mas devem garantir a diversão (tô doido pra experimentar uma!)

Fat bike da Scott na Brasil Cycle Fair 2015. Foto: André Schetino
Fat bike da Scott na Brasil Cycle Fair 2015. Foto: André Schetino

Tecnologia a serviço das bicicletas

Outro ponto de destaque é o conjunto de avanços tecnológicos para a melhora da performance no ciclismo, não importando a sua vertente. Dos sistemas modernos de bike fit até softwares que deixam os treinos no rolo mais motivadores. Linhas de ferramentas, roupas especiais, acessórios… é a ciência e a tecnologia à serviço das bicicletas 🙂

A fabricação de bicicletas com materiais diferentes do tradicional também ganhou destaque, como as bicicletas em madeira da Parma Wood Bike e o trabalho do Klaus Volkman – da Art Bike Bamboo – com as bicicletas de Bambu.

Brasil Cycle Fair 2015
Bicicleta da Art Bike Bamboo. Foto: André Schetino
Brasil Cycle Fair 2015
As bicicletas de madeira da Parma Wood Bike. Foto: André Schetino

O Mercado das bicicletas e o Cicloativismo

A União de Ciclistas do Brasil (UCB) esteve na feira e movimentou bastante o “Espaço Conteúdo” e o seu estande com palestras, debates e reuniões para discutir o espaço da bicicleta no país. No contexto de uma feira de negócios, acho interessante destacar as discussões sobre “O cicloativismo ampliando o mercado da bicicleta no Brasil”. Pra saber mais sobre a participação da UCB na Brasil Cycle Fair 2015 basta clicar aqui.

Brasil Cycle Fair 2015 – Galeria de Fotos

Brasil Cycle Fair 2015 – o vídeo

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Ei janaina!
    Neste ano a feira foi aberta ao público na quarta-feira, 30 de setembro. Acredito que para os próximos anos isso vá continuar, pois foram mais de 11 mil visitantes 🙂
    Um abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA