Pedalar em grupo ou sozinho? As vantagens e desafios de cada pedal.

2
317

.

Essa é uma pergunta que me fazem constantemente: pedalar em grupo ou sozinho?

.

Como quase nada na vida possui uma resposta exata, resolvi falar um pouco sobre essas duas formas de pedalar. Conheço pessoas que só pedalam sozinhas e outras que não saem pro pedal sem companhia. Outras ainda gostam tanto de pedalar que experimentam um pouco dos dois.

.

Eu pedalo 90% das vezes sozinho, principalmente nos deslocamentos pela cidade, mas também em cicloviagens ou pedaladas mais longas. Geralmente por causa dos meus horários que são bem diferentes da disponibilidade dos meus amigos de pedal. Outras vezes, porque realmente curto estar sozinho com a bike. Mas nos últimos tempos tenho feito algumas pedaladas em grupos e tenho gostado demais.

.

É claro que cada um tem suas preferências, mas a questão não é apenas o que gostaria de fazer. Sua rotina, seu ritmo de pedalada, seus compromissos e horários podem também definir se você vai pedalar em grupo ou sozinho. Vejamos então algumas vantagens e desafios (na minha opinião) de cada tipo de pedal. Você também pode contribuir dizendo o que você acha nos comentários do post.

.

Pedalando em Grupo

ate-onde-deu-pra-ir-de-bicicleta-pedalar-em-grupo
foto: sitkacycling.wordpress

.

As vantagens de pedalar em grupo

.

  • Segurança: pedalar em grupo é mais seguro do que pedalar sozinho por uma série de fatores. No trânsito o grupo ocupa mais espaço, fica mais visível, e impõe mais respeito aos carros. O mesmo também vale para a segurança dos locais por onde se pedala. Já pedalei à noite na cidade com grupos por locais que não passaria se estivesse sozinho de bike.

.

  • Socialização: participar de um grupo bacana, fazer amigos e estar envolvido em uma atividade que você gosta é fantástico. Quem pedala em grupo sabe que muitas vezes as amizades extrapolam o grupo, e logo você será padrinho de casamento ou dos filhos daquele seu/sua colega de pedal. Conheço histórias inclusive de pessoas que namoraram/casaram com colegas de pedalada!

.

  • Empolgação: o compromisso que o grupo assume com o pedal muitas vezes ajuda a vencer aquele dia ou momento que você está mais desanimado para pedalar. Aí não tem regra: um dia a turma pode estar te animando e no outro você convencendo seu amigo a pedalar com você.

.

Os desafios de pedalar em grupo

.

  • Conviver com as diferenças: todo grupo tem pessoas com diferentes personalidades, senso de humor, ritmos de pedalada e até de formas de pensar. Pedalar em grupo é também conviver com gente diferente de você, e em alguns casos, exige um pouco de paciência.

.

Pedalando Sozinho

foto: gitebellevie.com
foto: gitebellevie.com

.

As vantagens de pedalar sozinho

.

  • Você decide: pedalando sozinho você vai se sentir “o senhor dos pedais”. Você decide o trajeto, o ritmo, a(s) hora(s) de parar para descansar, lanchar, tirar fotos e etc.

.

  • Concentração/reflexão: muitas pessoas – e eu me incluo nesse grupo – adoram pedalar sozinhos e fazem desse momento um momento de reflexão, muitas vezes pra esfriar a cabeça ou colocar as idéias no lugar. Muitos dos posts que você lê aqui no blog surgiram de boas pedaladas por aí.

.

Os desafios de pedalar sozinho

.

  • Força de vontade: pedalar sozinho pode requerer boa dose de força de vontade do ciclista. As vezes um ventinho um pouco mais forte ou o céu nublado pode ser a desculpa pra ficar em casa. Mas, isso depende de cada um. Conheço uma galera que sai sozinha pra pedalar faça chuva ou faça sol.

.

  • Conviver com a solidão: isso mesmo. Do mesmo jeito que algumas pessoas gostam de passar um tempo sozinhas, já ouvi relatos de amigos que não suportam ficar algumas horas girando sem outra pessoa para bater papo, ou mesmo uma companhia silenciosa em pedais longos e cicloviagens.

.

Seja qual for a sua escolha, saiba que pedalar em grupo ou sozinho são coisas totalmente diferentes, e exigem uma conduta diferente dos ciclistas. Por isso, fiz mais dois posts abaixo com dicas para cada um dos tipos de pedal. É só clicar pra conferir.

5 Dicas para pedalar em grupo

5 Dicas para pedalar sozinho

Se você gostou desse post e acha que ele pode ajudar outras pessoas, compartilhe nas redes sociais!

Clique aqui e veja todos os posts com dicas para pedalar.

2 COMENTÁRIOS

  1. Já pedalei muito sozinho, mas por conta da violência (muitos assaltos a ciclistas aqui onde moro) e pelas amizades com esse gosto em comum, só tenho pedalado em grupo ultimamente.

    Há um risco que não foi falado aqui. Na última vez que pedalei sozinho, eu tive uma queda besta que me causou uma luxação de cotovelo, e pra piorar eu tinha errado o caminho: não passariam outros ciclistas por ali. Tive muita sorte de ter sido socorrido por um fazendeiro cuja família pedala, porque não fosse isso eu teria sofrido um bocado até conseguir ajuda…

  2. É cara, existem vantagens e desvantagens, temos que pesar muito bem. Às vezes tenho receio de pedaladas longas e isoladas sozinhos, procuro então não exagerar nas descidas fortes, enfim, meu medo é um tombo feio no meio do nada e ficar sem socorro. Por outro lado, já tive maravilhosas experiências ao pedalar sozinho: o silêncio, horas e horas vendo apenas paisagens naturais e ouvindo o barulho apenas da corrente da bike, parar no meio do nada para fazer um lanche. Mas o grupo também é bem legal, ele te anima, te incentiva, te ajuda etc.

DEIXE UMA RESPOSTA