Refúgio Kalapalo – aventura com algo mais

3
408
Guilherme Cavallari nos apresentando as belezas da Mantiqueira. Foto: André Schetino

Estive no último final de semana no Refúgio Kalapalo para uma experiência muito bacana: um encontro de blogs e sites de aventura. O momento foi de muita troca de experiências e informações, além de vivências de trekking e mountain bike apresentadas pelo Guilherme Cavallari, proprietário do Refúgio. Voltei do encontro com muitas fotos e vídeos na bagagem, e agora conto pra vocês o que rolou por lá.

O Refúgio Kalapalo

Situado no município de Gonçalves (MG), o Refúgio Kalapalo é um abrigo de montanha e um campo escola de aventura inspirado nos hütte alpinos. Do ponto de vista da aventura, oferece as belas paisagens, montanhas e trilhas da Serra da Mantiqueira.

Sua estrutura é simples e muito aconchegante: o refúgio possui dois quartos com dois beliches cada, acomodando 8 pessoas, além de espaços de convivência como sala, lareira etc. Além disso, existe também o chalé campestre, uma casa ao lado do refúgio com dois quartos, lareira, sofás e cozinha completa. A decoração é um dos destaques do local.

A comida é deliciosa e mereceria um post à parte: pães e bolos feitos no próprio Refúgio, verduras da horta e comida caseira com aquela fartura que um mineiro como eu está bem acostumado  🙂

Paisagem da janela... Foto: André Schetino
Paisagem da janela… Foto: André Schetino
O aconchegante Refúgio Kalapalo. Foto: André Schetino
O aconchegante Refúgio Kalapalo. Foto: André Schetino
Foto: André Schetino
Foto: André Schetino
Foto: André Schetino
Foto: André Schetino
A orquestra de passarinhos. Foto: André Schetino
A orquestra de passarinhos. Foto: André Schetino
Decoração de livros e detalhes. Foto: André Schetino
Decoração de livros e detalhes. Foto: André Schetino

O Encontro de blogs e sites de aventura no Refúgio Kalapalo

Da esqueda para a direita: Gisely, Rafael, Marcos, Eu, Palmieri, Mario, Luiza, Tiago, Keisuke, Rodrigo, Eliana e Fábio. Foto: Guilherme Cavallari
Da esqueda para a direita: Gisely, Rafael, Marcos, Eu, Palmieri, Mario, Luiza, Tiago, Keisuke, Rodrigo, Eliana e Fábio. Foto: Guilherme Cavallari

Participaram do encontro 8 blogs integrantes da Rede de Blogs Outdoor (RBO): além de mim representando o Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta, a Luiza Campello (Fui Acampar), Mario Nery (Trekking Brasil), Gisely Bohrer ( A Montanhista), Rafael Kosoniscs (Seu Mochilão), Fábio Almeida (Pedal Nativo) e Keisuke Kira (Blog Outdoor) e Tiago Borges (Fé no pé).

Além dos blogs da Rede estiveram presentes também a Rodrigo Telles e a Eliana Garcia, colegas do Clube de Cicloturismo do Brasil, o Marcos Adami do Bike Magazine e o Alexandre Palmieri, da Kampa.

Cada um pode contar um pouco de sua experiência de vida e com o mundo das viagens e aventuras. Além disso, assistimos ao documentário Transpatagônia, vencedor do Prêmio do Público no Rio Mountain Festival 2014.

Ao final da visita fomos presenteados com um exemplar do seu último livro: Transpatagônia – Pumas não comem ciclistas, que já comecei a ler e em breve estará em nossa seção de livros e bicicletas.

Transpatagônia - Pumas não comem ciclistas. De Guilherme Cavallari
Transpatagônia – Pumas não comem ciclistas. De Guilherme Cavallari

Mas o fim de semana teve também muita atividade ao ar livre.

Mountain Bike e Trekking no Refúgio Kalapalo

Sábado foi o dia de sair um pouco da minha zona de conforto com a bike e experimentar um trekking com uma galera bastante experiente. Fizemos a subida da Pedra Bonita, o ponto mais alto da região, com 2100 metros de altitude.

No domingo pedalamos pelas belas estradas da região. Um roteiro de 14km com muitas subidas, onde experimentamos um pouco de tudo: lama, descidas com pedras soltas e estradões de terra bons pra esticar o pedal.

Confira como foi no vídeo abaixo:

Algumas dicas e mais fotos

A região é repleta de trilhas e roteiros e mountain bike, todos muito bem planilhados pelo Guilherme Cavallari. Pela topografia da região, eu recomendo uma mountain bike com catraca com mega range, pois algumas subidas são caprichadas. Além disso, você pode aproveitar algumas trilhas com single tracks.

Conheça o Refúgio Kalapalo clicando nesse link: http://www.kalapalo.com.br/index.php/clube/conheca-o-refugio-kalapalo/

E aproveite para conhecer os roteiros e guias de mountain bike produzidos pela Editora Kalapalo – http://www.kalapalo.com.br/novo/loja/livraria

Pra conferir mais fotos é só clicar na galeria abaixo.

Agradeço ao Guilherme e a Adriana pela hospitalidade no Refúgio Kalapalo. Espero ainda pedalar muito pela região!

Faça Cicloturismo com segurança

Tão bom quanto viajar de bike é retornar em segurança para planejar os próximos roteiros! Somos comprometidos com a segurança no cicloturismo e disponibilizamos 2 artigos especiais pra você conferir antes de colocar a bike na estrada:

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA