Aprenda mais sobre o Ciclismo de Pista — Velódromo

1
707
Imagem: Deposit photos

O ciclismo de pista é uma modalidade praticada indoor, onde o que mais importa é a velocidade. Suas provas são realizadas nos velódromos, e movimentam muitos apaixonados pelo esporte no mundo todo. Vajamos um pouco mais sobre essa modalidade.

Imagem: Deposit photos
Imagem: Deposit photos

Características do esporte:

Existem 10 tipos de provas do velódromo, sendo 5 femininas e 5 masculinas. As disputas podem ser por velocidade (sprint), corrida contra o relógio, keirin, perseguição (individual e por equipes) e a omnium, novidade no esporte que surgiu em Londres, no ano de 2012.

As provas de velocidade podem ser feitas com duas ou três voltas na pista, e os competidores saem de lugares diferentes, sendo escolhidos por sorteio. A corrida contra o relógio tem saída de determinado ponto e é individual. Na keirin, os ciclistas completam certo número de voltas atrás de um ciclomotor e, a partir de certo ponto, o ciclomotor deixa a pista e os ciclistas completam a prova.

Na perseguição, os competidores saem de pontos opostos da pista e ganha o ciclista que alcançar o outro ou fizer melhor tempo. Já a omnium é a prova mais completa do ciclismo de pista, caracterizada por um conjunto de atividades: nela, os atletas competem por pontos, duelam em perseguição, fazem disputas contra o relógio e também em formato de corrida. Sobem ao pódio aqueles que forem mais regulares e somarem mais pontos ao fim de todas as provas.

A bicicleta do ciclismo de pista:

As bicicletas da pista não possuem freio e contam com apenas uma marcha. Isso por causa da alta velocidade que os atletas atingem, pois o uso do freio poderia causar graves acidentes aos competidores.

Além da bicicleta pensada para prevenir acidentes, os capacetes usados pelos competidores tem um design especialmente feito com uma aerodinâmica para favorecer o ganho de velocidade.

História e curiosidades:

A modalidade de pista surgiu por volta de 1870, estando presente na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, que aconteceu em Atenas, em 1896. Apenas em 1912, o ciclismo de pista ficou fora dos Jogos de Estocolmo, quando foi substituído por provas em estradas. Inicialmente, as competições só aceitavam homens ciclistas, permitindo a entrada de mulheres em 1988, nos Jogos Olímpicos de Seul.

Um dos motivos para o grande sucesso da modalidade foi justamente pela característica da prática nos velódromos, construídos em madeira dentro de ginásios fechados. Em local fechado os competidores não ficavam à mercê do tempo para praticar o esporte. Além do mais, possibilitava a cobrança de ingressos dos torcedores.

O mais consagrado competidor do ciclismo de pista é o britânico Chris Hoy, que já faturou seis medalhas de ouros em jogos olímpicos. Chris é considerado lenda entre os competidores da modalidade, pois, além do alto desempenho no ciclismo de pista, também já competiu e ganhou em vários outros esportes.

Olimpíadas no Brasil

O Brasil recebe as Olimpíadas em 2016 e, por isso, está treinando atletas em diferentes esportes para competir pelo nosso país. Entre os ciclistas, os que estão na modalidade de pista tem ganhado destaque mundialmente, ganhando a medalha de bronze nos X Jogos Sul-americanos de Santiago, em 2014. A equipe brasileira foi formada pelos ciclistas Dieferson Borges, Flávio Vagner e Kacio Fonseca.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA