Cicloturismo: Caxambu (MG) a São Bento do Sapucaí (SP)

7
16

Aproveitei um convite para um final de semana no Refúgio Kalapalo (veja o post aqui) – que fica na cidade de Gonçalves (MG) – pra sair uns dias antes e pedalar por 3 dias pelo sul de Minas. O roteiro escolhido teve cerca de 200km, saindo da cidade de Caxambu (MG) até São Bento do Sapucaí (SP). Nesse post eu apresento alguns detalhes sobre a escolha do roteiro, além de fotos e o vídeo abaixo, com belas imagens dessa viagem. Não deixe de conferir também os links para o relato detalhado de cada um dos 3 dias da cicloviagem (os links estão abaixo).

Cicloturismo de Caxambu a São Bento do Sapucaí: a escolha do roteiro

Como teria apenas 3 dias para pedalar, escolhi partir de Caxambu, que ficava a cerca de 200km do meu destino final. A escolha do ponto de partida foi por motivos turísticos: sempre tive vontade de conhecer Caxambu e São Lourenço, famosas estâncias minerais. Levei em conta também o quanto gostaria de pedalar por dia e o meu nível de condicionamento físico.

Tracei a rota previamente no Google Maps, evitando ao máximo o asfalto e rodovias muito movimentadas. Acabei encontrando um caminho de estradas de terra passando entre as duas opções de asfalto. Veja abaixo no detalhe.

ate-onde-deu-pra-ir-de-bicicleta-roteiro-caxambu-sao-bento-do-sapucai

O roteiro ficou dividido dessa forma:

1º dia: de Caxambu a São Lourenço (28km)clique aqui para ver o relato com fotos, vídeo e rota para GPS

2º dia: de São Lourenço a Wenceslau Brás (77km)clique aqui para ver o relato com fotos, vídeo e rota de GPS

3º dia: de Wenceslau Brás a São Bento do Sapucaí (82km)clique aqui para ver o relato com fotos, video e rota de GPS

O planejamento da cicloviagem

Pra essa viagem levei um par de alforges com capacidade de 36 litros, mais uma bolsa de bagageiro. Isso porque, apesar de pedalar por 3 dias apenas, tive que levar roupas e um par de tênis para o fim de semana. Ah, levei também bastante material pra filmagem/fotografia pra fazer o material para a série de posts. A escolha do que levar se baseou no modelo que proponho no Guia para Viajar de Bicicleta Volume 1 (que você pode baixar aqui).

A hospedagem

Quando faço minhas viagens de bicicleta gosto de ter uma cama macia pra dormir e um chuveiro quente. Nessa viagem, reservei meu hotel em São Lourenço pelo Booking, poia a variedade é grande. Em Wenceslau Brás fiquei no único Hotel da Cidade, e meu destino final foi o refúgio Kalapalo. Todos eles locais aconchegantes e confortáveis.

Foi uma viagem com muitas subidas, paisagens maravilhosas e numa região que ainda não conhecia. Não deixe de ver os relatos completos de cada dia da viagem. Cada dia está bem detalhado com fotos, um vídeo e roteiro planilhado no GPS, pra quem quiser repetir esse pedal.

7 COMENTÁRIOS

  1. Muito bacana esse documentário. O interessante que quando assistimos os vídeos, nos imaginamos dentro da aventura. Tudo muito maravilhoso. Parabéns!

  2. Grande Benilton! Que bom que gostou. Se algum dia quiser subir muitas belas montanhas, a região da Serra da Mantiqueira vale a pena! Um grande abraço e boas pedaladas pra você e todo o pessoal do Rapadura Biker!

DEIXE UMA RESPOSTA