De São Paulo a Pirapora em 1980

0
443
Foto: acervo pessoal Almir Silva de Souza

Por Almir Silva de Souza

Uma de minhas histórias foi essa: tinha acabado de ir uma Romaria de Santo Amaro – SP para Pirapora do Bom Jesus – SP. Contando na empresa o pessoal se animou e marcamos uma viagem. Não se usava esses aparatos de hoje, era mais “brega”, mas fomos nós pela marginal do Pinheiros rumo a Pirapora, Então, próximo a antiga fabrica da Monark na marginal, alguém me alcançou e perguntou se o cara que tinha ficado para trás era do meu grupo. E eu, “tonto” em cima da minha Caloi 15, fui olhar pra trás, quando a roda da frente entrou em um bueiro, travou e dei um cavalo de pau, caindo de costas na guia da calçada.

O tombo foi amortecido pela mochila que carregava, mas a roda da frente empenou. Não desisti, fomos andando, eu virando para a direita para ir em frente, até que achamos uma bicicletaria na região do Jóquei. O mecânico deu uma desempenada meia boca e continuamos nosso caminho para Pirapora, ainda tendo de virar para a direita para ir em frente, mas menos torto.

Entramos na estrada dos romeiros. Nessa estrada, depois de andar um bocado, uma pausa para tomar caldo de cana e seguir viagem.

Quando chega próximo a Pirapora tem uma serra que os romeiros chamam de CALA BOCA. A coisa é subir andando na bike sem empurrar. Quase consegui, mas tive uma queda na ultima curva porque a corrente saiu.

Enfim, chegamos a Pirapora, e a ideia era dormir na praça e voltar no dia seguinte. Mas o pessoal resolveu voltar no mesmo dia e lá fomos nós rumo a Sampa. Uma viagem que marcou, era a segunda de outras histórias .

Pirapora em 1980
De São Paulo a Pirapora em 1980. Foto: acervo pessoal Almir Silva de Souza

Envie você também a sua história

ATÉ ONDE VOCÊ FOI é o maior banco de histórias e experiências sobre a bicicleta e o ciclismo da internet brasileira. Para conhecer o projeto e enviar a sua história basta clicar aqui

Faça Cicloturismo com segurança

Tão bom quanto viajar de bike é retornar em segurança para planejar os próximos roteiros! Somos comprometidos com a segurança no cicloturismo e disponibilizamos 2 artigos especiais pra você conferir antes de colocar a bike na estrada:

COMPARTILHAR
Artigo anteriorJá ouviu falar de Bike Polo? Veja mais informações aqui
Próximo artigoCicloturismo: de Santana do Livramento a Rosário do Sul (RS)
Até Onde VOCÊ Foi? é um projeto do blog que divulga histórias inspiradoras das pessoas e suas bicicletas. As primeiras pedaladas, sua última viagem de bike e muito mais. O texto é de autoria do leitor indicado no início do post, e as informações e opiniões contidas são de responsabilidade do mesmo. Que tal compartilhar sua história com milhares de leitores? Basta enviá-la para contato@ateondedeuprairdebicicleta.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA