Histórias de Audax: “Vou ali pedalar 600km e volto para almoçar.”

0
425
Foto: acervo pessoal Abílio César Cirelli

Por Abílio César Cirelli

“Vou ali pedalar 600km e volto para almoçar.”

Foi isso que eu disse em casa.

Final de temporada no Audax RJ com percurso de 600km. Largada em Rio das Ostras-RJ numa sexta-feira às 22:00, maior ansiedade pela largada.

Percurso todo em asfalto e dividido em PCs (Posto de Controle). Eu tinha um tempo para passar nestes PCs e carimbar o passaporte para os seguintes PCs marcados em diversas cidades: Macaé, Quissamã, Barra do Furado e Farol de São Tomé, retornando para Rio das Ostras. E depois quebrando o Sul do Estado: Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo, tinha que dar uma volta completa na Lagoa de Araruama. Retorno até Rio das Ostras num total de 39horas, passei pela linha de chegada às 13:30 de domingo e tive apenas 1 hora de sono em um banco de praça em Iguaba Grande. O corpo estava pedindo um descanso.

Foto: acervo pessoal Abílio César Cirelli
Foto: acervo pessoal Abílio César Cirelli

Fiz o percurso em uma Montain Bike GIANT com pneu slick, optei por uma montain bike para ter um pouco de conforto e evitar os constantes pneus furados das speeds, o qual passei por várias. A minha GIANT segurou o tranco da incrível distância. Fisicamente estava preparado, mas o psicológico é o mais abalado, mas compensava com os cenários incríveis que passei nestas regiões do Norte e Sul do Estado. Muito mar, sol, vento e Dunas!

Foi incrível este pedal, prova de superação, foco, força e muito amor ao pedal!

Envie você também a sua história

ATÉ ONDE VOCÊ FOI é o maior banco de histórias e experiências sobre a bicicleta e o ciclismo da internet brasileira. Para conhecer o projeto e enviar a sua história basta clicar aqui

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCicloturismo: 1300 km pelo Nordeste
Próximo artigoExpedição Pirineus (GO) – 95 km de pedal
Até Onde VOCÊ Foi? é um projeto do blog que divulga histórias inspiradoras das pessoas e suas bicicletas. As primeiras pedaladas, sua última viagem de bike e muito mais. O texto é de autoria do leitor indicado no início do post, e as informações e opiniões contidas são de responsabilidade do mesmo. Que tal compartilhar sua história com milhares de leitores? Basta enviá-la para contato@ateondedeuprairdebicicleta.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA