Pedalando por Vitória (ES) e cidades vizinhas

0
474
Foto: acervo pessoal Thiago Soares

Por Thiago da Silva Soares

Pedalando por Vitória (ES) e cidades vizinhas

No último dia do mês agosto acordo por volta de 8h da manhã , decidido a um pedal tranquilo! Coisa básica de uns 70km restantes para atingir uma marca de 1250km pedalados em um mês. Essa era uma meta que queria cumprir nesse mês!

Penso numa rota rapidamente, já estava tarde (por volta de umas 9h), iria sozinho, assim pensei em ir até a praia de Manguinhos, no município da Serra (ES) e voltar para Vitória, cidade onde moro! Até pensei em ir na cidade de Vila Velha, mas a idéia de atravessar a ponte utilizando um ônibus para bicicletas (o Bike Grande Vitória) não se encaixava num tipo de pedal urbano que estava disposto a fazer!

Comecei às 9h em direção à cidade da Serra pela ciclovia da avenida Fernando Ferrrari e logo depois na Reta do Aeroporto, ambos ainda em Vitória. A rota planejada para Manguinhos seria a mesma que havia feito com outros amigos ciclistas em um pedal noturno: evitar o máximo a BR-101, a ES-010 e seguir pelo bairro Novo Horizonte, que possui uma avenida reta e bem movimentada, até a ciclovia que se encontra próxima à Estação do Conhecimento da Vale.

Chegando em Manguinhos, apreciei a praia. O dia estava lindo demais, o mar azul, as pessoas em seus banhos de mar e a areia da praia faziam um colorido fantástico, o que me estimulou em fotografar aquela cena perfeita para um “dia de inverno”. Estava tão disposto a pedalar e fotografar aquele dia, que decidi atravessar à cidade de Vitória, rumo à cidade de Vila Velha sem auxílio de ônibus que transportam bicicletas.

Antes de começar a pedalar até Vila Velha, resolvi dar um “pit stop” na minha própria casa, para um almoço perfeito e uma boa Coca-Cola!

Como se tratava de um domingo pedalei em Vitória pela Ciclofaixa de Lazer, que liga a praia de Camburi ao Centro Esportivo “Tancredo de Almeida Neves”. Como queria aproveitar o tempo em Vila Velha, não tirei nenhuma foto específica da Ciclofaixa, indo fotografar apenas na Praia da Costa. O acesso à Vila Velha se deu pelas “Cinco Pontes”, que datam da década de 30 do século XX, e que me deram direção ao bairro Alecrim, paralelamente à Rodovia Carlos Lindenberg até a ciclovia tenebrosa da Avenida Champagnat (conhecida por ter postes do meio da ciclovia)!

Foto: acervo pessoal Thiago Soares
Foto: acervo pessoal Thiago Soares

A aventura não teve fim e uma parada fotográfica na Praia da Costa e já com o objetivo de ir para o sul, rumo ao Pedágio da Rodovia do Sol, em Guarapari!

Em Vila Velha, o vento estava a meu favor na ida. Eu já estava me preparando psicologicamente para encarar um retorno com cerca de 25 km de vento contra e além disso a empolgação era tanta, o nível de endorfina estava tão alto, que um pedal até Anchieta renderia fácil naquele dia, mas o tempo de luz estava se esgotando, já era por volta de 16h e um retorno à noite, sem equipamentos de iluminação, seria uma idéia bem mais insana. Na volta para Vitória, , ainda na Rodosol, tive a honra de um por do sol bastante bonito próximo à Barra do Jucu!

O retorno para Vitória ocorreu pela Darly Santos e a grande surpresa que tive (já que nunca andei por ali de bicicleta!) foi ver que grande parte da avenida possui ciclovia, bem precárias, com apenas o asfalto grosso, mas possui!

O pedal valeu porque explorei locais próximos a minha casa e que nunca havia andado de bicicleta! Valeu a pena e no total havia pedalado 139,9 km, explorando quatro cidades: Serra, Vitória, Vila Velha e Guarapari! Espetacular!

[Nota do blog:] se você vai pedalar pelas cidades desse roteiro, pode consultar campings, albergues, pousadas e hotéis nos links abaixo:

Dicas de Hospedagem nesse Roteiro

Você pode reservar hotéis, pousadas, hostels e até casas de hóspedes através do Booking.com. Assim terá muitas opções para comparar e escolher a que vai te atender da melhor forma.

Envie você também a sua história

ATÉ ONDE VOCÊ FOI é o maior banco de histórias e experiências sobre a bicicleta e o ciclismo da internet brasileira. Para conhecer o projeto e enviar a sua história basta clicar aqui

Faça Cicloturismo com segurança

Tão bom quanto viajar de bike é retornar em segurança para planejar os próximos roteiros! Somos comprometidos com a segurança no cicloturismo e disponibilizamos 2 artigos especiais pra você conferir antes de colocar a bike na estrada:

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCicloturismo e muitas pedaladas
Próximo artigoMinha primeira cicloviagem: Vila Velha (ES) ao Rio de Janeiro (RJ)
Até Onde VOCÊ Foi? é um projeto do blog que divulga histórias inspiradoras das pessoas e suas bicicletas. As primeiras pedaladas, sua última viagem de bike e muito mais. O texto é de autoria do leitor indicado no início do post, e as informações e opiniões contidas são de responsabilidade do mesmo. Que tal compartilhar sua história com milhares de leitores? Basta enviá-la para contato@ateondedeuprairdebicicleta.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA