Pedalar de sapatilha: 5 dicas para iniciantes

14
2836
Pedalar de Sapatilha
Foto: 123RF.com

Atualizado em 29/04/2018

Quando o assunto é pedalar de sapatilha, muitas dúvidas aparecem: pra quem é indicado o uso da sapatilha? Qual é o momento de investir em uma? Eu vou “cair parado” tentando soltar o meu pé do pedal de encaixe?

Pensando nessas e em outras perguntas que alguns leitores enviaram resolvi escrever esse artigo com dicas e informações para quem está começando a pedalar de sapatilha, ou ainda, pra você que está pensando se vale ou não a pena comprar uma.

Pedalar de Sapatilha
Foto: 123RF.com

[Nota do blog]: se você já está decidido e procura mais informações sobre os diferentes modelos de sapatilha de ciclismo, temos o nosso artigo Sapatilha de Ciclismo: um guia completo pra você escolher a sua que é muito visitado pelos leitores.

A primeira dúvida: quando começar a pedalar de sapatilha?

Na minha opinião, a sapatilha não é um equipamento indicado para iniciantes no ciclismo. Não é pelo custo, pois já encontramos modelos com preços mais acessíveis, mas sim, pela técnica e pela especifidade do equipamento. Então vamos por partes:

Técnica

A sapatilha exige do ciclista boa desenvoltura na técnica de clipar e desclipar o pedal (especialmente desclipar). Você já deve ter ouvido, visto, ou sentido (infelizmente) a dificuldade em tirar o pé da sapatilha rapidamente em caso de uma necessidade, ou simplesmente na hora de parar a bike, levando aquele famoso “tombo parado”.

Especificidade

Uma sapatilha de ciclismo serve apenas para pedalar de sapatilha. Você não vai utilizar pra passear na rua ou caminhar em qualquer outro lugar. Então, se vai investir nesse equipamento tem que ser pra usar! Do mesmo jeito que a bicicleta fica triste quando fica encostada em casa, a sapatilha no armário não tem utilidade alguma!

Eu costumo indicar a sapatilha de ciclismo para o ciclista com alguns bons quilômetros rodados, que pedala regularmente e que já está bem adaptado à sua bicicleta e ao esporte. Mas se você ainda tem dúvidas se a sapatilha é pra você, pode fazer um teste simples. Veja em qual ou quais das situações abaixo você se encaixa.

Os sinais que indicam que está na hora de você pedalar de sapatilha:

  • Se você quer aumentar o seu rendimento no ciclismo (pedalar longas distâncias ou pedalar mais rápido).
  • Se você pedala com boa frequência (no mínimo 3 vezes por semana) há mais de 6 meses.
  • Se você dorme cedo pra acordar cedo e pedalar (dispensando aquele compromisso social noturno 🙂  ).
  • Se você já instalou o Strava no seu celular e fica dando kudos pros amigos.
  • Se você pedala em grupos de bike ou com amigos
  • Se você pretende participar de provas de ciclismo amador

Se você respondeu sim para pelo menos duas ou três dessas afirmações, você está pronto pra começar a pedalar de sapatilha. Parece brincadeira, mas elas indicam o seu nível de envolvimento com o esporte.

Então chegou a hora. Se você vai começar ou está começando a pedalar de sapatilha fique atento a essas dicas:

5 dicas para pedalar de sapatilha

Dica 1 – treine bastante o encaixe e desencaixe do pedal.

Comece em num local tranquilo, sem trânsito de automóveis de preferência. Treine bastante, encaixando e desencaixando o pedal diversas vezes.

Para encaixar o pedal: basta pressionar o taquinho da sapatilha contra o pedal. A melhor posição é com o joelho flexionado e com o pedal mais alto, durante a fase de compressão na foto abaixo (imagine o pedal como um ponteiro de relógio que está entre o número 2 o número 4). Você vai fazer a força para baixo (na direção normal da pedalada), e o pedal vai encaixar à medida em que você começa a empurrá-lo, seguindo o som de um clique.

Para desencaixar o pedal: esse é o movimento mais técnico. Você deve deslizar o pé lateralmente para dentro ou para fora para que o pedal desencaixe. A melhor posição é com a perna estendida, na fase de retorno da foto abaixo (imagine o seu pé na posição mais baixa do pedal, como ele fosse o ponteiro de um relógio apontando entre o número 5 e o número 6).

Fases da pedalada com sapatilha
Fases da pedalada com sapatilha

O vídeo abaixo eu fiz para o review do pedal Shimano M530. Você pode ver em detalhes o momento do encaixe do pedal (a 1 minuto de vídeo) e o momento do desencaixe do pedal (a 1 min e 25 segundos do vídeo).

Dica 2 – se antecipe no desencaixe do pedal

Parece óbvio, mas se fosse não teríamos tantos tombos parados. Vá diminuindo a velocidade e desencaixe o pedal antes da bike parar, mesmo que você ainda fique um tempinho com a sapatilha apoiada no pedal (desencaixada). No mesmo vídeo acima, eu faço isso numa situação de trânsito aos 1’25” do vídeo.

A pergunta que não quer calar: “Mas André, vai dizer que você nunca caiu parado tentando soltar o pé da sapatilha?”. Infelizmente sim. Situações inesperadas podem acontecer, mas espero que esse post te ajude. Se infelizmente acontecer com você, você entrará para a enorme estatística de pessoas que já tomaram “tombo parado” tentando desencaixar o pedal, e vai se valer da expressão muito usada na internet: “quem nunca?”.

Dica 3 – Mantenha o seu taquinho e pedal clip limpos

Pedalar de sapatilha
Sapatilha e pedais durante uma cicloviagem. Foto: André Schetino

Confira sempre o estado do seu taquinho e do pedal. Observe se não tem pedras, lama seca ou outros detritos atrapalhando o sistema de clipagem. Não precisa ser aquela limpeza de deixar o equipamento brilhando. O importante é não ter nada obstruindo o sistema de encaixe e desencaixe.

Dica 4 – Comece com um pedal com a plataforma maior

pedalar de sapatilha
Pedal com base mais larga para pedalar de sapatilha: um exemplo é o M530 da Shimano

Uma plataforma maior dá mais segurança ao ciclista iniciante e permite que você mantenha o pé firme no pedal mesmo com ele desencaixado. Aqui no blog temos o review de um modelo com plataforma mais larga, o pedal Shimano M530). Além dele vários outros possuem plataforma mais larga.

Dica 5 – Atenção para o sistema de encaixe/desencaixe.

Alguns pedais da Shimano tem o sistema que regula a tensão para clipagem e desclipagem do pedal. Pode ser uma boa pra quem está começando, e você pode colocar o sistema mais leve, exigindo menos força pra soltar o pé. Eu mostro esse sistema na foto abaixo e aos 33 segundos do vídeo acima nesse post. Se informe antes sobre a marca e modelo que você vai comprar, de preferência fazendo um teste sobre o sistema de clipagem da marca escolhida por você.

Detalhe do sistema de ajuste de tensão. Foto: André Schetino
Detalhe do sistema de ajuste de tensão. Foto: André Schetino

Espero que essas dicas te ajudem caso você queira começar a pedalar de sapatilha. Se você tem alguma outra dúvida ou sugestão, deixe aí nos comentários. E se achou o conteúdo bacana, compartilhe com os amigos que querem começar a pedalar de sapatilha!

Onde encontrar sapatilhas de ciclismo

Para pesquisar os preços atualizados de sapatilhas de ciclismo basta clicar nos links abaixo:

Quer saber mais sobre sapatilhas?

Agora que você já viu nossas dicas técnicas, pode tirar suas dúvidas nobre modelos nos artigos abaixo:

14 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns!
    Bem interessantes e didáticos os seus artigos sobre sapatilhas.
    Como sugestão, talvez complementar com as opções dos modelos, tamanho de tênis/sapato versus tamanho ideal de sapatilhas e principalmente como conciliar de forma econômica as opções de pedais e sapatilhas para quem tem dois tipos de bike diferentes, como por exemplo uma MTB e uma Speed.
    Abraço

  2. Bom dia, André!
    Adorei as dicas! Após quase três anos de MTB, esta semana troquei a bike e resolvi colocar sapatilhas 🙂 . Estreando as sapatilhas também já estreei o primeiro tombo ao tentar subir uma calçada sem desclipar!!! Vou lembrar sempre das dicas quando estiver pedalando. Valeu!

  3. Muito boas as dicas. Eu já pedalo há alguns anos com firma pé, (aquele sistema de base em nylon e correias) e me adaptei muito bem! Tenho certeza que é totalmente diferente do clip mas, minha dúvida: na sua opinião, seria muito difícil a transição de um sistema para o outro? Tenho interesse em investir nas sapatilhas. O que me aconselha?

  4. Olá Erico, muito obrigado por seu comentário.
    Na minha opinião a transição não é tão complicada. Você já faz a etapa de pedalar com o pé preso (ao firma pé). A grande diferença é que com a sapatilha ele fica mais firme, ajustado na posição mais eficiente pra sua pedalada, e que o sistema para desclipar é totalmente diferente (como mostrado no artigo). Mas nada que um bocado de treino não resolva. Como você disse que está interessado em investir em sapatilhas, temos um artigo onde mostramos os principais modelos. É só dar uma ohada neste link: http://ateondedeuprairdebicicleta.com.br/guia-escolhendo-sua-sapatilha-de-ciclismo/

    Um grande abraço e boas pedaladas.

  5. Ola,

    Mano vc tem alguma dica para encaixar o clip? Comprei o pedal e a sapatilha mas não consigo encaixar o maldito clip, não vai.

DEIXE UMA RESPOSTA