Bombeiros utilizam bicicletas no litoral catarinense

2
351

Cidade de Itapema inova ao utilizar novo modal para atendimentos de emergência nas praias

Texto, fotos e edição: Kiko Molinari Originals®
Bombeiros de Bicicleta (8)
.

O litoral catarinense começa a experimentar um novo reforço na prevenção de afogamentos e salvamentos: a 2ª Companhia de Bombeiros da cidade de Itapema (65 km da capital Florianópolis) começou a utilizar seu novo VTR, uma bicicleta Soul Cycles Copenhague 700, com modificações para o uso a beira mar.

Bombeiros de Bicicleta (7)
.

Segundo o Soldado Santos (foto), da 2ª Cia de Bombeiros de Itapema, o veículo veio proporcionar mais agilidade aos atendimentos, tendo em vista que toda a orla do bairro Meia Praia tem ciclovia em sua extensão (é a maior praia da cidade, com aproximadamente 7,5 km de extensão). “Isso faz com que os atendimentos sejam efetuados mais rapidamente, além do fato de ter uma grande economia de combustível, ainda mais na temporada onde o trânsito se torna caótico”, frisou o guarda-vidas.

Bombeiros de Bicicleta (3)
.

A bike foi montada em parceria com a Pro Bike Bike Shop, que montou um projeto bem acessível e bastante eficiente. Da bike original, só sobraram o quadro, suspensão dianteira e cockpit (guidão e mesa com regulagem). Quadro e suspensão receberam nova pintura e identificação dos Bombeiros. O “drivetrain” original (um kit Shimano Tourney) foi substituído por um grupo Shimano Alivio 27V, com freios a disco hidráulicos. Os aros originais, medida 27 x 700C foram trocados por um par de aros VZAN Vnine aro 29”, garantindo mais agilidade em pisos irregulares. Os complementos instalados na bike foram um bagageiro em alumínio da Stand Components, e um alforje da linha Top da Pro Bike Equipamentos.

Bombeiros de Bicicleta (2)
.
Bombeiros de Bicicleta (10)
.
Bombeiros de Bicicleta (11)
.
Bombeiros de Bicicleta (9)
.

Este é um projeto piloto em todo o estado, e caso o resultado seja positivo, Itapema contará com uma pequena frota de bicicletas para o atendimento na orla da cidade, e provavelmente mais cidades terão este reforço.

Bombeiros de Bicicleta (1)
.

Eles não são os únicos:
Apesar de os Bombeiros estrearem o novo VTR da corporação, o 4º Batalhão da Policia Militar de Itapema já o fazia a mais tempo. Com 2 bikes, os policiais-ciclistas garantem a segurança na orla da Meia Praia, evitando muitos delitos e retirando muitos meliantes das ruas.

Bombeiros de Bicicleta (4)
.

Com as mesmas vantagens já mencionadas pelo Soldado Santos, a Polícia Militar garantiu uma boa economia e agilidade aos atendimentos e abordagens. A ideia deu tão certo que a cidade vizinha de Porto Belo também conta com 2 bikes para o patrulhamento da Praia do Perequê e região central.

Bombeiros de Bicicleta (5)
.

Sobre a bike:
O modelo foi escolhido pela corporação por ser a que melhor se encaixa no perfil proposto: agilidade de uma Mountain Bike com conforto de uma Beach Cruiser, e com os upgrades feitos, a bike se torna mais ágil e podendo alcançar velocidades maiores.

Soul Copenhage 700 (1)
.

Por vir de fábrica com aros 700C, é uma opção para aqueles que querem iniciar no Cicloturismo pois conta com selim mais largo, canote de selim com amortecimento e canote de guidão com regulagem de altura, além de manoplas ergonômicas e geometria “slooping”, que garante melhor aproveitamento da energia empregada ao pedalar. Com essas qualidades, ficou claro que era o modelo perfeito para utilização no novo projeto dos bombeiros de Itapema.

Clique aqui e veja todos os posts do colunista Kiko Molinari
COMPARTILHAR
Artigo anteriorRetrospectiva: balanço ciclístico de 2013
Próximo artigoO pneu furado e a surpresa
Meu nome é Cristiano Correa Molinari, mas sou mais conhecido como “Kiko Molinari” (ou simplesmente “Cris” para os mais chegados). Desde pequeno apaixonado por carros, e por volta dos 8 anos já gostava de bikes, mas só aos 15 anos foi que me dei conta que a paixão seria ainda maior. Fiquei conhecido no Orkut em algumas comunidades como “Caloi Oficial”, “Cicloturismo”, “Mecânicos de Bicicleta” e “Bicicleta – o melhor transporte”, devido ao meu empenho em ajudar os mais novatos sobre os vários assuntos acerca das “magrelas”, além de prestar consultoria no meu perfil e no extinto MSN, e assim conquistando muitas amizades durando até hoje. Anos mais tarde, fui editor do blog Bizarrices Automotivas desde a sua criação, por 3 anos a fio, e assim pude aprender a como ser um blogueiro. Com isso, tenho o meu blog chamado Carros Raros BR, focando em modelos considerados raros nas ruas brasileiras. Hoje, faço parte do site Até Onde Deu Pra Ir de Bicicleta, aliando meus conhecimentos adquiridos nos blogs automotivos com os conhecimentos sobre bicicletas que conquistei até hoje. Abraços e bons giros o/

2 COMENTÁRIOS

  1. Sobre a primeira foto, eles podem tampar a placa?? eles podem deixar a roda para fora?? se liguem nas leis.

  2. Sendo uma bicicleta para andar na praia, deveria teu um câmbio de marchas internas, que aguenta bem melhor o uso na areia – não desregula tão fácil (basta olhar a foto do câmbio cheio de areia!). Um nexus de 8 marchas já e suficiente já que a praia é praticamente plana. De resto, ótima iniciativa!!

DEIXE UMA RESPOSTA