Bolsas para bikepacking: conheça os principais modelos para usar

0
292
bikepacking
Bike equipada para bikepacking. Foto: http://www.bedrockbags.com/

Se você gosta de viajar com a sua bike, ou pensa em ter a sua primeira experiência deste tipo, o bikepacking pode ser uma ótima escolha – principalmente para os mais aventureiros.

Ao contrário do que pregam muitos tipos de cicloturismo, o bikepacking é uma forma diferente de viajar de bicicleta, já que visa levar o mínimo necessário em bolsas que se ajustem perfeitamente ao formato e modelo da sua bike.

Mas, para essa aventura dar certo, é fundamental contar com os acessórios adequados, como é o caso das bolsas para bikepacking. E é justamente sobre elas que falaremos neste conteúdo. Confira.

Mas, afinal, o que é exatamente o bikepacking?

bolsas para bikepacking
Direitos autorais: svitlanavarf / 123RF Imagens

Antes de falarmos sobre os acessórios propriamente ditos, vamos explicar um pouco mais sobre o que é o bikepacking e como ele se diferencia das outras modalidades de cicloturismo.

O bikepacking, na verdade, é a primeira modalidade de cicloturismo que surgiu e pode ser definido de forma simples como “viajar e acampar de bicicleta”, sendo esta a definição mais encontrada em livros técnicos sobre o assunto.

Porém, é claro que com a evolução da nossa tecnologia, esta modalidade também acabou se modificando e hoje pode também ser definido como cicloturismo de aventura e até a união do mountain bike com algumas técnicas de trekking ultraleve.

Em palavras mais simples, podemos entender o bikepacking como o uso da bicicleta para qualquer tipo de aventura, independentemente do clima ou do terreno a ser explorado.

Justamente por todas estas características, o bikepacking também exige o uso de acessórios próprios – principalmente que tragam leveza e facilidade na hora de se deslocar com a bike por locais mais distantes e terrenos diferenciados.

Por que usar bolsas para bikepacking ao invés dos alforjes?

bikepacking mantiqueira
Foto: Daniel Greg

Quem já pratica cicloturismo há um tempo, pode estar acostumado com o uso de alforjes e não entender muito bem a diferença entre estes e as bolsas para bikepacking.

Na verdade, as bolsas específicas possuem algumas vantagens que são essenciais para a prática da modalidade, como:

  • redução de peso: estas bolsas não necessitam de estruturas metálicas que as sustentem (diferente dos alforjes), tornando-as opções bem mais leves e fáceis de transportar para qualquer lugar e terreno;
  • aerodinâmica: alguns testes demonstraram que as bolsas para bikepacking promovem diferenças aerodinâmicas significativas quando comparadas aos alforjes, o que pode ser importante dependendo do tipo de aventura que você está planejando;
  • variedade de modelos: as bolsas de bikepacking possuem uma vantagem muito importante em relação aos alforjes, já que elas são adaptáveis a qualquer bicicleta, porque não precisam de olhais de bagageiro no garfo ou no quadro. Isso permite que você viaje nesta modalidade com qualquer tipo de bicicleta, tornando o cicloturismo bem mais acessível;
  • facilidade: embora existam modelos próprios de bolsas de bikepacking, com um pouco de experiência e boa vontade, você também poderá criar os seus próprios modelos.

Quais os tipos de bolsas para bikepacking que existem?

Hoje no mercado já é possível encontrar modelos bem bacanas de bolsas para bikepacking, inclusive com indicações e usos diferenciados. Veja os mais comuns.

Frame Bag

bolsas para bikepacking
Full frame bag Apidura

Este tipo de bolsa costuma ocupar todo o quadro da bicicleta e pode ser feita sob medida. Ela é fixada com pequenas alças com velcro, sendo bem fácil colocar e retirar a bolsa da bike. Alguns modelos também apresentam bolsos internos e mosquetão para chaves.

Carranca ou handlebar bag

bolsas para bikepacking
Bolsa de guidão Transway Northpak

É um modelo que vai preso ao guidão e ao garfo, com uma estrutura mais rígida que a mantém afastada dos cabos, impedindo, assim, que a bolsa atrapalhe a dirigibilidade do ciclista.

Muitas bolsas desse modelo possuem alças e reguladores que ajudam a prender outros itens como saco estanque, saco de dormir, entre outros. Além disso, conta com uma bolsa fechada que permite guardar de modo bem simples os objetos pequenos e que precisam ser acessados com frequência.

Marimbond ou seatbag

Bolsa de Selim Journey G Northpak

É uma bolsa que vai presa ao selim, em diagonal. Possui uma estrutura rígida e vários pontos de fixação com velcro. É fabricada em formato de saco estanque e tem capacidade regulável.

Porém, vale a pena ressaltar que para usar este tipo de bolsa é preciso que a sua bicicleta tenha uma distância entre a parte traseira do selim e a roda que seja maior ou igual a 25 centímetros.

No caso das bicicletas full suspension, existe um modelo específico, um pouco menor na altura, que é capaz de funcionar perfeitamente. Nestes casos, a distância entre o selim e a roda precisa ser em torno de 21 centímetros.

Porém, de qualquer forma, é muito importante conferir estas medidas com o fabricante, já que algumas marcas podem ter pequenas alterações nos modelos.

Porta volume de guidão

Porta volume de guidão Apidura

Este é um modelo bem simples, com fixação em velcro no guidão, no avanço e na espiga do garfo. Alguns modelos possuem um grande compartimento interno, com fechamento tipo saco, permitindo carregar cargas médias, como barracas, roupas e cargas leves.

Tanque

Bolsa de quadro long way Northpak

É um porta-volume feito para ser fixado no tubo superior do quadro. Conta com três pontos de fixação, e também com pontos para o avanço do guidão e do selim.

Outras informações importantes sobre as bolsas para bikepacking

bikepacking
Bike equipada para bikepacking. Foto: http://www.bedrockbags.com/

Independentemente do modelo escolhido, contudo, é sempre importante lembrar que a chave do bikepacking é sempre carregar o mínimo de equipamento possível, sem abrir mão da sua segurança.

Além disso, é ainda preciso considerar também o posicionamento e a localização do peso na bicicleta – algo que pode ser fundamental para transformar a sua experiência de pedalar, evitando sofrimento e não limitando a sua velocidade. Para isso, sempre considere: a distância a ser percorrida, o percurso e o tipo de terreno e outros pontos que impeçam as bolsas de danificarem a sua bicicleta e o seu passeio.

Justamente por estas questões é que as bolsas de bikepacking são as mais usadas, já que são fabricadas considerando todos estes pontos e com a localização adequada para não interferirem no seu pedal.

Na hora de separar o seu equipamento, você poderá encaixá-lo em categorias, como:

  • transporte e bagagem;
  • acampamento;
  • roupa e calçados;
  • alimentação e hidratação;
  • acessórios.

Sendo que, destas, as três primeiras são as mais importantes e as demais podem ter uma bagagem mais reduzida.

Onde encontrar minhas bolsas para bikepacking?

Depois de ler estas informações, você já está pensando que será muito difícil encontrar as suas bolsas para bikepacking? Pois está enganado. O segredo é montar a configuração ideal para as suas necessidades! Separamos alguns links pra você pesquisar modelos e preços atualizados:

E, então, gostou das nossas dicas sobre bolsas para bikepacking? Então aproveite e baixe o nosso e-book completo para lhe ajudar a montar a sua primeira viagem de bicicleta!

DEIXE UMA RESPOSTA