5 dicas para pedalar no calor

6
848
pedalar no calor

Atualizado em 05/11/2017

Pedalar no calor pode ser um grande incômodo para o ciclista. O sol forte além de contribuir para a desidratação, costuma interferir bastante no desempenho do ciclista. Esse é o meu caso: pedalar no calor pra mim é mais complicado do que pedalar no frio ou mesmo pedalar chuva.

Mas e então? “A chapa esquentou”? O que fazer nos dias quentes? Muito quentes?

Pensando que essa é também uma dificuldade de outros ciclistas, escrevi esse post com 5 dicas para pedalar no calor. Espero que possa te ajudar a refrescar o pedal!

Então vamos às dicas!

5 dicas para pedalar no calor

1 – Protetor Solar

pedalar no calor

Primeiro e previsivelmente, o protetor solar. Ele não vai te impedir de ficar com aquela belíssima marca de camiseta e de bermuda, mas obviamente vai te proteger do sol forte.

Alguns se incomodam, mas já estou acostumado com o look “zebra”, causado pelas várias marcas diferentes de bermudas, shorts e camisas.

Utilizo protetor solar durante todo o ano, não importa se o tempo parece meio nublado ou não. Em pedaladas longas, aplico várias vezes, geralmente a cada 40 minutos ou quando sinto necessidade.

2 – Hidratação

.

Outro fator fundamental é a hidratação. Ando sempre abastecido, não pode faltar água de jeito nenhum. Mais uma vez, as pedaladas longas exigem preparação especial. Nessas (acima de 2 horas), costumo levar além de água, bebidas isotônicas, geralmente Gatorade ou água de côco.

Certa vez pedalando para Caeté (MG) sob sol forte, tomei cerca de 4 litros e meio de líquidos durante todo o percurso, e foi o que me salvou de uma insolação.

A dica é conhecida: beber um gole d’água a cada 10 ou 15 minutos, mesmo não estando com sede. Quando nosso corpo sente sede é sinal que já estamos sofrendo por alguns processos de desidratação.

3 – Squeezes, caramanholas ou garrafinhas

pedalar no calor

Os sinônimos são muitos, e os modelos também variam bastante. Vão desde os térmicos ou de alumínio – que conservam a temperatura por mais tempo – até as garrafinhas de plástico que ganhamos de brinde. Atualmente pedalo com duas bem parecidas com essas da foto, que possuem material isolante.

Sejam de melhor qualidade ou as de brinde, uma hora ou outra o calorão vai fazer você pensar que está tomando chá, e não água.

Dica para manter a água gelada na garrafinha por mais tempo

Quando está muito quente utilizo a seguinte estratégia: saio para pedalar com 2 caramanholas:

  • A primeira é para consumo mais imediato. Vai o líquido (água, gatorade, etc.) com gelo.
  • A segunda eu deixo congelada. Com algumas horas de pedal (ou até menos, dependendo do calor), ela já está geladinha e deliciosa para beber.

[Dica bônus]: Fazer um upgrade da garrafinha-brinde-de-plástico para uma caramanhola com mais qualidade e sistema de isolamento térmico também ajuda bastante. Se estiver procurando por uma, abaixo eu deixo links pra você pesquisar os preços atualizados:

4 –  Mochilas de Hidratação

pedalar no calor

Outra possibilidade são as mochilas de hidratação (clique no link para ver nosso post guia especial sobre elas). Já utilizei e ainda tenho uma. O ponto positivo é a água que mantém sua temperatura por mais tempo, além do fácil acesso (canudinho) podendo beber água sem tirar as mãos do guidom.

Além disso tem a capacidade, variando entre 1 até 3 litros, a depender do modelo. Essas mochilas são muito utilizadas para pedalar no calor, especialmente no mountain bike. Muitas trilhas acontecem em locais com pouco acesso à água, e levar uma quantidade maior pode ser necessário.

Onde encontrar mochilas de hidratação

Se estiver procurando por mochilas de hidratação para pedalar no calo, abaixo você encontra links de pesquisa para preços atualizados:

5 – Vestuário e acessórios adequados para pedalar no calor

As roupas e acessórios podem nos ajudar a diminuir o incômodo de se pedalar no calor. Vamos então a cada uma delas, com links para artigos bem completos aqui do blog.

Camisas de ciclismo

Camisa de ciclismo Italy Bike Tour Montagna - frente
Camisa Italy Bike Tour – frente

Devem ser leves e com cores claras. Para pedalar no calor, o ideal é que tenham zíper em toda a sua extensão (foto acima). O tecido também deve favorecer a evaporação do suor.

Se quiser saber mais sobre camisas de ciclismo, confira nosso post completo:

Óculos de ciclismo

óculos de ciclismo com lentes intercambiáveis

Não vão te refrescar, mas vão diminuir o incômodo da claridade e do sol forte ao pedalar no calor.

Além disso, os óculos de ciclismo possuem vários tipos de lentes e também um sistema de ventilação, que ajuda na transpiração do rosto. Você pode saber mais conferindo nosso artigo completo:

Post – Óculos de ciclismo: saiba mais sobre eles e faça a escolha certa

6 COMENTÁRIOS

  1. Pedalar no frio é uma delícia. Pra mim o calor só não é pior que chuva forte, porque até chuva rala é mais fácil contornar.

  2. Também concordo! Nada melhor que um friozinho pra pedalar! O corpo esquenta e fica uma delicia.
    Abração

  3. Legal. Compartilho minha dicas sobre como evitar calor quando tem calor para o ciclista urbanos (commuter)!!
    http://vitoria-sustentavel.blogspot.com.br/2012/08/para-andar-de-bike-o-calor-nao-e-um.html

    Esqueci de falar de água, de protetor solar foquei mas nos elementos menos convencionais como pensar como amenizar o calor… Minha ideia principal é usar roupas claras no lugar de protetor solar junto com os coletes específicos. Infelizmente, parece que essas roupas não existem no Brasil. Levei elas dos Estados Unidos em Abril. O colete que uso me permite justamente suar bem menos. Quem “sua” é o colete!
    Parece as vezes que não tem nada o que fazer com algo, como por exemplo, o calor mas não é verdade. Tem muita coisa que pode ser feito.
    Se eu tivesse mais habilidade em termo técnicos, eu acho que eu já teria desenvolvido o colete de baixo custo baseado em polímeros de fraldas… Isso precisa ser pesquisado, pode fazer muita diferença!

  4. pessoal nada melhor que o soro caseiro para fazer longa distancia, ja fiz 100km com duas caramanholas e sobrou agua em pleno novembro e fazia quente na minha região campanha RS

  5. OLá pesooal da bike..

    Gostei muito das importantes considerações de todos que se interessam por e l a s…
    Sou mais um daqules “bikers” que uso a magrela mais direcionada ao trabalho, pois minha função são deslocamentos entre varios bairros aqui de Florianopolis: faço entrega de panfletos. e , além de ir e voltar para casa com a bike, tem outro detalhe importante a respeitar: Conforme
    a clientela que me requisita para o trabalho, caminho uma media de 5 a 7 horas por dia!
    Dependendo das solicitações dos clientes (empresas), ás vezes menos horas, todavia, apesar da disposição que Deus que proporciona, realmente, o dia se torna cansativo… o que me anima nisso tudo é a força de vontade e paixão por pedalar…Gostaria de receber dicas de uma alimentação adequada para esta função. Agradeço por igual se alguem desejar me informar.
    Obrigado pela atenção, a matéria de vocês deve ser lida e analizada mais vezes!!!

DEIXE UMA RESPOSTA